DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) >
Teses de Doutorado (PPGH) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27994

Title: Esposas de Cristo: santidade e fingimento no Portugal seiscentista
Authors: Rangel, Leonardo Coutinho de Carvalho
???metadata.dc.contributor.advisor???: Bellini, Lígia
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Tavares, Pedro Vilas Boas
Keywords: Santidade.;Fingimento.;Portugal moderno.
Issue Date: 20-Nov-2018
Abstract: Esta tese objetiva contribuir para o entendimento das complexidades relacionadas à santidade feminina, tanto na sua forma aprovada quanto na tida, pelas autoridades da Igreja, como simulada, no Portugal do século XVII. O trabalho se desenvolve em torno de estudos de caso, nomeadamente o de Mariana da Purificação (1623-1695), freira carmelita do Convento da Esperança de Beja, e os de Guiomar (~1601-1642+) e Maria Mazeda (~1615-1642+), terceiras franciscanas – todas acusadas de fingimento de santidade. As principais fontes empregadas foram a obra Fragmentos da prodigiosa vida da […] veneravel Madre Marianna da Purificaçam (1747) de Fr. Caetano do Vencimento; o processo inquisitorial de Mariana da Purificação (1668-1670), contendo os “cadernos” autógrafos da religiosa que serviram de base para os Fragmentos; e também os processos de Guiomar Mazeda e Maria Mazeda (ambos, 1641-1642). A maneira como se retratavam as veneráveis e as santas nas vitae seguia padrões que enquadravam trajetórias complexas como a de sóror Mariana em modelos preestabelecidos, visando atingir interesses específicos, incluindo os dos financiadores do livro. Para tanto, eliminavam-se e/ou reescreviam-se passagens possivelmente comprometedoras. Essas obras poderiam ainda ser uma forma de enquadramento dos manuscritos femininos, os quais, geralmente, serviam de base para a elaboração das vitae, a exemplo dos “cadernos” de Mariana. Estes foram retirados do seu contexto original e moldados conforme a visão das autoridades masculinas. Conquanto essa prática seja amplamente conhecida pelos especialistas, apenas em raros casos é possível ter acesso ao manuscrito em que se baseou a obra para observar as mudanças no discurso, bem como procurar entender as possíveis razões para as omissões e adições. A investigação evidencia que mesmo indivíduos inequivocamente considerados santos poderiam apresentar contradições e incoerências, próprias de todos os seres humanos, quando analisados sob a ótica de fontes cujo objetivo não era o de construir uma imagem laudatória, a exemplo da documentação inquisitorial. Verificou-se ainda que a simulação de santidade feminina poderia ser motivada ou causada pelas mais diversas razões, a exemplo de uma direção espiritual ineficiente; possíveis problemas psicológicos; bem como a situação de vulnerabilidade socioeconômica a que estavam expostas mulheres pobres e não-casadas. Isso leva a uma explicação menos simplista do que o mero desejo de fama, cuja importância pode ser superestimada se não se consideram outros fatores.
This thesis aims to contribute to the comprehension of complexities related to female sanctity, whether in its approved form, whether in simulated, by the point of view of authorities of the Church, in the kingdom of Portugal of XVIIth century. The work is developed around case studies, namely of Mariana da Purificação (1623-1695), Carmelite nun from the Convento da Esperança de Beja, also Guiomar (~1601-1642+) and Maria Mazeda (~1615-1642+), Franciscan tertiaries – all of them accused of simulation of sanctity. The main sources used were the Fragmentos da prodigiosa vida da […] veneravel Madre Marianna da Purificaçam (1747) written by Fr. Caetano do Vencimento; the inquisitorial process of Mariana da Purificação (1668-1670), including the “notebooks” written by herself, which were used as the main source of the Fragmentos; also the processes of Guiomar Mazeda e Maria Mazeda (both from 1641-1642). The way vitæ portrayed the venerables and saints followed patterns that framed complex trajectories as sor. Mariana’s in pre-established patterns, aiming specific interests, including the financers’ of the book. Therefore, passages possibly compromising would be removed and/or rewritten. Those works could be also a way of framing feminine manuscripts, in which the vitæ where usually based, just as Mariana’s “notebooks”. Those were removed from their original context and they were shaped according to the vision of masculine authorities. Although this practice is widely know among scholars, only in few instances it is possible to access the manuscript that based the work and verify changes in discourse, and possible reasons to omissions and additions. The research also showed that even individuals unequivocally regarded as saints could present contradictions and incoherences, as any human being, when analyzed from the viewpoint of sources, which the main goal was not to build a praiseful image, as the inquisitorial documents. We verified also, that many reasons could cause or motivate female simulation of sanctity, for instance an inneficient spiritual guidance; possible psychological conditions; and the situation of socioeconomic vulnerability which poor and unmarried women were exposed. That leads to a less simplistic explanation than mere desire of fame, which significance could be overestimated if other possibilities are not considered.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27994
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGH)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese Final - Leonardo.pdf6.48 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA