DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (OCEANOGRAFIA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27820

Title: Transporte do ictioplâncton frente às condições oceanográficas, durante a maré de Sizígia, na Baía de Todos os Santos, Bahia
Authors: Araújo, Willian Dias
???metadata.dc.contributor.advisor???: Mafalda Júnior, Paulo de Oliveira
Keywords: Ovos de peixes;Larvas de peixes;Massas de água;Estuário
Issue Date: 25-Oct-2018
Abstract: Este estudo objetivou analisar o transporte do ictioplâncton diante da influência da estrutura oceanográfica na Baía de Todos os Santos durante a maré de sizígia. As coletas foram realizadas em 4 estações de amostragem entre fevereiro/2013 e abril/2014. O ictioplâncton foi coletado utilizando-se rede cônica, malha 200 μm, em arrastos horizontais de subsuperfície. Os dados da estrutura oceanográfica (temperatura, salinidade e turbidez), foram obtidos utilizando um CTD e amostras de água para determinação química de oxigênio dissolvido, pH, clorofila-a e nutrientes também foram coletadas. Foi identificada a presença de duas massas de água distintas, a massa de Água Tropical, encontradas nas duas primeiras campanhas, e Água Costeira, encontrada no restante das campanhas. Houve o aumento nos valores de temperatura, turbidez, sílica e clorofila-a e a diminuição de salinidade, % saturação de oxigênio e do pH da desembocadura em direção ao interior da BTS. Foi encontrada variabilidade espacial significativa entre as quatro estações de amostragem para todas as variáveis hidrológicas, exceto para fosfato e nitrato. Foram encontradas 17 famílias, onde Blenniidae, Carangidae, Engraulidae, Gobiidae, Gerreidae e Haemulidae foram considerados característicos da área de estudo. As famílias Gobiidae e Engraulidae apresentaram as maiores densidades, abundância relativa e frequência de ocorrência. A variabilidade espacial da comunidade ictioplanctônica não exibiu um padrão único, assim como a densidade média total de ovos e larvas de peixe. O comprimento das larvas de peixe aumentou da desembocadura em direção ao interior da baía, contudo, a diferença do comprimento das larvas entre as estações de amostragem foi muito baixa. As estações de amostragem 1 e 2 estiveram associadas a maiores valores de salinidade, pH, temperatura e oxigênio, enquanto que as estações de amostragem 3 e 4 apresentaram maiores valores de nutrientes, turbidez e clorofila-a. As famílias não apresentaram grande similaridade, assim como as estações de amostragem. De modo geral, os resultados obtidos foram semelhantes entre as duas marés, contudo, durante a maré de quadratura, houve o domínio da massa de Água Tropical, enquanto durante a maré de sizígia a massa de Água Costeira dominou. O fluxo de água doce e de nutrientes estimula o aumento da biomassa planctônica, favorecendo a formação de áreas berçários de peixes neste estuário.
This study aimed to analyze the transportation of ichthyoplankton due to the influence of the oceanographic structure from Todos os Santos Bay during syzygy tide. The collections were made in four sampling stations from February 2013 to April 2014. The ichthyoplankton was collected using a conical net (200 μm mesh size), with horizontal hauls at the subsurface. Oceanographic structure data (temperature, salinity and turbidity) were obtained using CTD. Water samples were also collected for chemical determination of dissolved oxygen, pH, chlorophyll-a and nutrients. Two distinct water masses were present: the Tropical Water, found on the first and second campaigns, and Coastal Water, found on the remaining campaigns. There have been an increase on temperature values, turbidity, silicon and chlorophyll-a while the salinity, percentage of oxygen saturation and pH decreased from the mouth into the bay. Meaningful spatial variability was noticed among the sampling stations for almost all the hydrological variables, except for nitrate and phosphate. Seventeen families were found, while Blenniidae, Carangidae, Engraulidae, Gobiidae, Gerreidae e Haemulidae were typical of the study area. The Gobiidae e Engraulidae families presented the highest values for density, relative abundance and occurrence frequency. It was not observed a singular pattern regarding the spatial variability of the ichthyoplanktonic community, as well as for the total average density of fish eggs and larvae. Fish larvae length increased from the mouth into the bay, however, in a very low ratio among different sampling stations. Sampling stations 1 and 2 were associated with greater values of salinity, pH, temperature and oxygen, while stations 3 and 4 presented greater values for nutrients, turbidity and chlorophyll-a. Families, as well as sampling stations, failed to provide large similarities. Generally, the results where similar among both tides, however, during neap tides, the Tropical Water mass dominated, while the Coastal Water mass dominated the syzygy tide periods. Freshwater and nutrient flux stimulates the planctonic biomass increase, favoring the formation of fish nurseries in this estuary.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27820
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (OCEANOGRAFIA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Monografia_Willian_Dias.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA