DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (OCEANOGRAFIA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27713

Title: Análise da assembléia Ictioplanctônica sob influência da sazonalidade e da qualidade da água na desembocadura da Baía de Todos os Santos, Bahia, Brasil
Authors: Costa, Naialla Huttner Paolilo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Mafalda Júnior, Paulo de Oliveira
Keywords: Ictioplâncton;Qualidade da água
Issue Date: 16-Oct-2018
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo analisar a variabilidade da assembléia ictioplanctônica, sob influência da qualidade da água na desembocadura da Baía de Todos os Santos, Bahia, Brasil. A amostragem de água de superfície foi realizada com garrafa de Van Dorn, em 6 estações, o ictioplâncton foi coletado utilizando-se rede cilindrico-cônica, malha 200 μm, em arrastos horizontais de subsuperfície realizados em 10 estações, as amostragens ocorreram nos períodos de dez/2013 e abril/2014. Vinte e quatro famílias foram identificadas, sendo Engraulidae, Haemulidae, Microdesmidae, Sparidae, Carangidae, Sphyraenidae e Gobiidae as famílias mais abundantes. Foi verificada uma variabilidade temporal na composição da assembléia ictioplanctônica, porém não foi registrada variabilidade espacial nem temporal significativa para nenhuma das variáveis investigadas. As densidades de ovos de peixes e larvas de peixes foram elevadas tanto para o período seco quanto para o chuvoso, sendo que neste último foi observado um maior número de larvas recém-eclodidas. Os maiores valores de riqueza e diversidade foram registrados no período chuvoso, enquanto a equitatividade foi similar para os dois períodos. Os taxa de larvas de peixes demersais foram os mais abundantes. Oito taxa foram cacacterísticos da aréa de estudo: Engraulidae, Haemulidae, Microdesmidae (Microdesmus sp), Sparidae, Carangidae (Oligoplites sp e C. crysurus), Sphyraenidae (Sphyarena sp) e Gobiidae. Duas massas de água foram identificadas: Tropical (período seco) e Costeira (período chuvoso), os valores elevados de nitrato, ferro e Escherichia coli comprometeram a qualidade da água nas duas campanhas, sendo que a Água Tropical apresentou melhor qualidade. A influencia da sazonalidade oceanográfica sobre a variabilidade temporal da composição da assembléia ictioplanctônica parece ser mais significante do que a variabilidade temporal da qualidade da água na desembocadura da Baía de Todos os Santos.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27713
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (OCEANOGRAFIA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Monografia_Naialla_Huttner.pdf963.06 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA