DSpace

RI UFBA >
Instituto de Química >
Programa de Pós-Graduação em Química >
Teses de Doutorado (POSQUIMICA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27443

Title: Métodos de microextração em fase líquida para a determinação espectrométrica de mercúrio em amostras de frutos do mar e óleo de peixe
Authors: Menezes, Rebeca Moraes
???metadata.dc.contributor.advisor???: Santos, Walter Nei Lopes dos
Keywords: Líquido iônico;Microextração em fase líquida;Mercúrio;Frutos do mar;Óleo de peixe
Issue Date: 19-Sep-2018
Abstract: As tendências atuais em Química Analítica estão conduzindo ao desenvolvimento de métodos que proporcionem a miniaturização e a redução na geração de compostos nocivos ao meio ambiente. Neste trabalho, foram propostos dois métodos para a pré-concentração de mercúrio empregando a microextração líquido-líquido com líquido iônico e controle de temperatura assistida por vortex (TC-IL-LPME) e microextração líquido-líquido dispersiva com solidificação da gota orgânica flutuante (DLLME-SFOD). Em ambos os métodos, a detecção foi realizada empregando-se espectrometria de absorção atômica com geração de vapor frio (CV AAS) e o reagente pirrolidina ditiocarbamato de amônio (APDC) foi utilizado como agente complexante para o Hg2+. O método de TC-IL-LPME desenvolvido consiste na dispersão do líquido iônico hexafluorofosfato de 1-butil-3-metilimidazólio ([Bmim][PF6]) na fase aquosa por agitação vigorosa em vortex, seguido de aquecimento em um banho-maria e resfriamento em banho de gelo. Após centrifugação, a fase enriquecida foi dissolvida em solução ácida para redução da viscosidade, e o mercúrio foi quantificado nesta mistura. Sob condições otimizadas, o método apresentou limite de detecção de 0,045 µgL-1, limite de quantificação de 0,15 µg L-1 e fator de enriquecimento igual a 54. O método foi aplicado na determinação de mercúrio em amostras de óleo de peixe. No método empregando a DLLME-SFOD, o solvente orgânico 1-dodecanol foi utilizado como extrator do complexo Hg-APDC. A dispersão do solvente orgânico em finas gotículas foi promovida pelo solvente dispersor etanol e agitação magnética. Em seguida, a gota foi congelada para facilitar a sua remoção. Após a dissolução com ácido nítrico, o teor de mercúrio foi determinado. Uma bomba peristáltica introduziu ar atmosférico para carrear o vapor de mercúrio gerado. Sob condições otimizadas, o método apresentou limite de detecção e quantificação de 0,067 g L-1 e 0,22 µg L-1, respectivamente. O método foi aplicado na determinação de mercúrio em peixes e molusco. Os dois métodos foram aplicados com sucesso na pré-concentração de mercúrio em amostras de alimentos e se apresentam como alternativas versáteis, ecológicas e muito eficientes.
ABSTRACT - Current trends in analytical chemistry are leading to the development of methods that provide miniaturization and reduction in the generation of compounds harmful to the environment. In this work, two methods were proposed for the preconcentration of mercury using temperature controlled-ionic liquid-dispersive liquid-liquid microextraction and vortex-assisted (TC-IL-LPME) and liquid-liquid dispersive microextraction with the solidification of the floating organic drop DLLME-SFOD). In both methods, detection was performed using cold vapor atomic absorption spectrometry (CV AAS), and the ammonium pyrrolidine dithiocarbamate (APDC) reagent was used as a complexing agent for Hg2+. The developed TC-IL-LPME method consists in dispersing the ionic liquid 1-butyl-3methylimidazolium hexafluorophosphate ([Bmim][PF6]) in the aqueous phase by vigorous vortexing, followed by heating and cooling in an ice bath. After centrifugation, the enriched phase was dissolved in an acid solution to reduce viscosity, and the mercury was quantified in this mixture. Under optimized conditions, the method had a detection limit of 0.045 μg L-1, a limit of quantification of 0.15 μg L-1 and an enrichment factor of 54. The method was applied to the determination of mercury in fish oil samples. In the method using DLLME-SFOD, 1-dodecanol was used as extraction solvent of the Hg-APDC complex. The dispersion of the organic solvent in fine droplets was promoted by the solvent dispersant ethanol and magnetic stirring. The drop was then frozen to facilitate removal. After dissolution with nitric acid, the mercury content was determined. Under optimized conditions, the method showed a limit of detection and quantification of 0.067 μg L-1 and 0.22 μg L-1, respectively. The method was applied to the determination of mercury in fish and crustacean. The two methods were successfully applied in the preconcentration of mercury in food samples and presented as versatile, ecological and very efficient alternatives.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27443
Appears in Collections:Teses de Doutorado (POSQUIMICA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE REBECA versao final.pdf3.37 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA