DSpace

RI UFBA >
Reitoria da UFBA >
Sistema Universitário de Bibliotecas (SIBI) >
Lugares de Memória >
Estudos Baianos (EB) - Instituído em 08/09/2015 >
Artigos Publicados em Periódicos (EB) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27383

Title: Política de preservação, conservação e restauração: patrimônio artístico e literário da UFBA
Authors: Toutain, Lídia Maria Batista Brandão
Lima, Ana Maria Cerqueira
Ribeiro, Maria Alice Santos
Keywords: Preservação digital;Acervo cultural;Polo difusor
Issue Date: Sep-2016
Publisher: UNICAMP
Citation: Toutain, Lidia Brandão; Lima, Ana Maria Cerqueira; Ribeiro, Maria Alice Santos. Política de preservação, conservação e restauração: patrimônio artístico e literário da UFBA. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 14, n. 3, p. 368-386, set. 2016. ISSN 1678-765X. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8646334>. Acesso em: 17 set. 2018. doi:https://doi.org/10.20396/rdbci.v14i3.8646334.
Abstract: A Universidade Federal da Bahia (UFBA), que tem sua origem no século XIX,  acumula acervos significativos e representativos de diversas áreas do conhecimento. Esta situação estimulou um projeto que estabeleceu como objetivo políticas específicas de manutenção e preservação do seu acervo. Em 2015, iniciou o mapeamento dos bens culturais e artístico, móveis e imóveis nos campi da UFBA, em Salvador tendo como resultado o inventário, que apresenta componentes de identificação de tipologias e de classificação individual, do estado de conservação dos exemplares das diversas unidades acadêmicas, de prioridades no âmbito da conservação, preservação e restauração do patrimônio. O inventário, de método quantitativo e qualitativo, compõe uma base de dados eletrônica, atualizada, de acesso simples e democrático, que permite acesso à comunidade acadêmica, aos pesquisadores e a sociedade em geral. Quanto aos livros raros, localizados na coordenação Lugares de Memória, foram cadastrados 398 obras raras dos Séculos XVI a XVIII. Falta realizar inventário das coleções e livros com características especiais dos Séculos XVIII, XIX e XX. Ao estimar os resultados desse projeto, vale o investimento nas proposições apresentadas acima, pois eles não só favorecem a UFBA, mas também beneficia a sociedade, uma vez que esta instituição passará a ser um polo disseminador e promotor de políticas de preservação de acervos e salvaguarda do patrimônio cultural, que estarão disponíveis no repositório institucional para consulta da comunidade interna e externa.
Description: Artigo publicado na Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27383
ISSN: https://doi.org/10.20396/rdbci.v14i3.8646334
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (EB)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Politica de preservacao, conservacao e restauracao.pdf917.87 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA