DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27062

Title: A construção dos fatos epidemiológicos: uma perspectiva pragmática sobre transdisciplinaridade.
Authors: Santos, Silvia Regina de S.
???metadata.dc.contributor.advisor???: Nunes, Mônica de Oliveira
Keywords: transdisciplinaridade;prática;epidemiologia
Issue Date: 24-Aug-2018
Abstract: A prática concreta de interação entre pesquisadores de diferentes campos disciplinares para a produção de sínteses transdisciplinares ainda constitui uma grande lacuna na literatura científica sobre a transdisciplinaridade. Grande parte do que se tem escrito sobre o tema se restringe à formulação de princípios gerais que devem orientar a constituição das equipes, numa clara opção prescritiva sobre as práticas. Como alternativa às abordagens idealistas sobre o tema, adotou-se uma perspectiva pragmática da transdisciplinaridade, segundo a qual os campos disciplinares não são entidades substanciais, espaços vazios preenchidos por conceitos, axiomáticas, métodos. A comunicação interparadgmática não pode se dar pela via da tradução dos discursos (teorias, conceitos) de um campo disciplinar para outro, pois não são as disciplinas que interagem, e sim os agentes em cada campo, em suas práticas científicas cotidianas, que operam a comunicação não pela via da tradução dos discursos, e sim pelos trânsitos que efetuam, enquanto sujeitos do discurso. O sujeito anfíbio, estratégia de ação para a superação do problema da comunicação interparadigmática, transita em pelo menos dois campos disciplinares, num processo de “treinamento-socialização-enculturação” no interior desses campos. O presente estudo teve como objetivo descrever e analisar a produção de conhecimentos transdisciplinares de uma prática concreta de pesquisa em Epidemiologia. Uma análise etnográfica da ciência epidemiológica na sua prática cotidiana de pesquisa permitiu desconstruir falsas oposições como quantitativo/qualitativo, ciência/senso comum, natureza/cultura na construção dos fatos epidemiológicos. A descrição das trajetórias profissionais construiu um perfil das identidades dos pesquisadores a partir do qual foram estabelecidas relações entre esse perfil e as características dos produtos integradores de diferentes abordagens por eles produzidos, chegando-se à conclusão de que quanto mais socializado/enculturado é o Sujeito no campo disciplinar sobre o qual realiza o trânsito, maior será o grau de síntese de conhecimentos por ele produzido.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27062
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação SÍLVIA REGINA DE S. SANTOS-.pdf588.97 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA