DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Arquitetura >
Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU) >
Teses de Doutorado (PPGAU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26986

Title: Densidade informacional e comunicacional no espaço relacional urbano
Authors: Florentino, Pablo Vieira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Pereira, Gilberto Corso
Keywords: Densidade informacional e comunicacional;Espaço urbano;Espaço relacional;Dimensão digital;Redes Sociais Digitais
Issue Date: 20-Aug-2018
Abstract: Os espaços urbanos têm sido ocupados pelo uso massivo de novas tecnologias da informação e comunicação, como as redes sociais digitais e plataformas virtuais. A comunicação na dimensão digital das cidades tornou-se um caminho de mão-dupla e onipresente, criando estruturas relacionais e interacionais aptas para a troca de dados e mídias. Esta tese se situa em meio a este contexto urbano, investigando as estruturas digitais que suportam os caminhos e intercâmbios entre alguns dos seus elementos componentes. Neste trabalho, a cidade funcionando em rede foi revisada historicamente, contextualizando suas implicações e suas representações urbanas. Foram aprofundadas questões contemporâneas, considerando e compreendendo a cidade como um sistema complexo que carece de estudos sobre seu espaço relacional. Nesse contexto de pluralidade comunicacional, o presente trabalho visa o desenvolvimento de representações do espaço urbano considerando a ampliação dos contextos e da densidade informacional e comunicacional. Foram utilizados rastros digitais de redes sociais envolvidas com questões urbanas e que influenciam no uso do espaço urbano como dados de entrada desta investigação. A partir de uma proposta de categorização destas redes e plataformas, foram selecionadas duas categorias e quatro estudos de caso que serviram como fontes de dados para a pesquisa. A análise de redes sociais foi utilizada como abordagem investigativa e quantitativa, agregando índices e gráficos que permitiram avaliar as estruturas em rede, compreendendo os caminhos entre os elementos que as formam. Os resultados deste processo revelam a existência de caminhos curtos entre os elementos da rede, com a predominância de estruturas que seguem o modelo Mundo Pequeno. Algumas das redes investigadas também apresentaram tendência a estruturas Livres de Escala, confirmando a existência de hubs. As análises mostraram redes eficientes na transmissão de dados com incremento da densidade informacional e comunicacional. Com as representações visuais e análises, contribui-se para que o Urbanismo adquira ferramental alternativo e novas perspectivas sejam desenvolvidas nesta área multidisciplinar. A fim de aprofundar o conhecimento sobre o espaço relacional da cidade, reflexões foram elaboradas focando nas implicações destas estruturas digitais frente às lógicas de funcionamento e produção do espaço. Os resultados obtidos podem fomentar estudos que correlacionem novos dados e abordagens em busca de representações e conhecimentos que discutam com maior riqueza de detalhes o espaço urbano.
Urban spaces have been occupied by the massive use of new information and communication technology as digital social networks and virtual platforms. The communication in the digital dimension of cities became a bidirectional and omnipresent path, creating relational and interactional structures able to exchange data and media. This thesis is situated in such urban context, investigating digital structures that hold the paths and exchanges among some of their composing elements. The networked city was historically revised, contextualizing its implications and urban representations. Contemporary questions were analyzed and debated, considering and comprehending the city as a complex system that demands research about its relational space. In this context of communicational plurality, this work aims the development of urban space representations, considering the enlargement of contexts and increasing of informational and communicational density. Digital traces from social networks involved with urban questions and influencing the use of urban space were used as data input for this research. A proposal of categorization for such digital networks guided the selection of four cases, used as data sources for research. Social network analysis was used as investigative and quantitative approach, aggregating measures and graphics that permitted evaluating network structures, comprehending paths among their elements. The results of such process reveal the existence of short paths, with predominance of structures that follow Small World model. Some cases also presented tendency to Free-Scale model, confirming the existence of hubs. The analyzes showed efficient networks for data exchange increasing informational and communicational density. This works contributes for Urbanism bringing alternative approaches and new perspectives for this multidisciplinary area. Some considerations were made focusing on implications of such digital structures in logic for space functioning and production. The results may induce studies utilizing new data and approaches for representation and knowledge that enchance the debate about urban space.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26986
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGAU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DensidadeInformacionalComunicacionalTesePabloFlorentino.pdf15.53 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA