DSpace

RI UFBA >
Escola de Administração >
Núcleo de Pós-Graduação em Administração (NPGA) >
Artigos Publicados em Periódicos (NPGA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26822

Title: As contribuições dos economistas ao estudo da administração política: o institucionalismo, o gerencialismo e o regulacionismo
Authors: Santos, Reginaldo Souza
Keywords: Administração;Administração política;Institucionalismo;Gerencialismo;Regulacionismo
Issue Date: 2003
Publisher: UFBA
Abstract: Este artigo é fruto do resultado parcial do trabalho de pesquisa teórica que estamos desenvolvendo no campo de administração e que tem como ponto de partida uma discussão epistemológica que intenta verificar se o conhecimento produzido em Administração dá-lhe o status de um campo do conhecimento próprio e autônomo. A preocupação inicial foi apreender o conceito da Administração Política, visando compreender a gestão (objeto da administração) das relações sociais de produção e distribuição no contexto do capitalismo. O presente artigo, portanto, é uma seqüência deste trabalho e que tem como preocupação fundamental incorporar ao conhecimento construído no campo da Administração as contribuições dos chamados economistas rebeldes, tomando como referência as escolas do institucionalismo, do gerencialismo e do regulacionismo e tendo como principais nomes Thorstein Veblen, W.C. Mitchell, Gunnar Myrdal, James Burnham, Michel Aglieta, Robert Boyer e Alain Lipietz.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26822
ISSN: 1984-9230
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (NPGA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
As Contribuições dos Economistas ao Estudo da Administração Política o institucionalismo, o gerencialismo e o regulacionismo.pdf76.05 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA