DSpace

RI UFBA >
Escola de Música >
Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMUS) >
Teses de Doutorado (PPGMUS) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26344

Title: Um compor-emaranhado: composição, teoria e análise ao longo de linhas
Authors: Rios Filho, Paulo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Lima, Paulo Costa
Keywords: Composição (Musica);Teoria do Compor
Issue Date: 10-Jul-2018
Abstract: O presente trabalho surgiu, inicialmente, ao longo de um percurso de interesse, observação e acompanhamento de meu próprio processo criativo, através do emprego de certas estra- tégias e ferramentas etnográficas (e.g., diário de campo, gravações, entrevistas, rascunhos, anotações, etc), buscando a análise desse processo e, por fim, a reflexão/transformação do (meu) próprio compor. O caminho trilhado, ele mesmo, acabou apontando na direção de outros percursos, que foram, assim, também traçados: a) uma revisão do estatuto de pesquisa em composição musical, nos termos da existência de um circuito incessante (e de velocidades e ritmos variados) da teoria com a prática; b) a reflexão acerca da teoria do compor, vista, à luz desse circuito, enquanto ‘teoria de um compor com o mundo’—esforço de contemplação e fala feito ao longo de linhas de criação que integram os processos vitais não somente de um compor, mas também do emaranhado de trajetórias, forças, e fluxos do mundo; c) uma discussão mais direta sobre esse percurso de interesse, observação e acompanhamento do processo criativo, no sentido de associar esse trajeto a uma prá- tica de ‘viagem atentiva’ feita ao longo das linhas e forças de um fazer-música (de uma ‘obra’, de uma sessão de improvisação, de um compor, etc); e d) o que, por fim, acabou resultando na criação das (anti-)análises da tese, que, a partir dessa viagem de atenção e acompanhamento feita com o processo e com a ‘obra’ analisados, são elas próprias a extensão dos fluxos de criação perseguidos, como uma continuação desse emaranhado ‘obra-processo’ investigado. No que tange, primeiro, a pesquisa em composição musical e o circuito teoria/prática, o que é rascunhado é uma espécie de metateoria do compor, considerada em torno da noção de composicionalidade, de Paulo Costa Lima, bem como de alguns estudos recentes na área da ‘pesquisa artística’ e da ‘prática como pesquisa’. Depois, já com relação ao tecimento da ideia de uma teoria feita ‘com um compor com o mundo’, é o antropólogo britânico Tim Ingold e os filósofos Gilles Deleuze e Félix Guattari, que ajudam a iluminar o percurso disso que chamo de um movimento de ’contemplação e fala’ ao longo de um compor. Esses traçados múltiplos levaram a uma revisão do papel da análise dentro da pesquisa em composição musical, no sentido de propor/criar para a ’análise composicional’ um outro horizonte paradigmático, focado em perseguir as linhas em movimento do ‘compor-emaranhado’ ou do fazer-música investigado. Finalmente, tudo isso acabou sendo atualizado, no caso particular desta tese, ao longo dos textos analíticos propostos no último capítulo, com as (anti-)análises de obras criadas durante o doutorado, principalmente a partir do emprego de posturas e ferramentas (auto-)etnográficas, o que, por sua vez, afeta o próprio compor em circuito com a produção desses textos.
This work raised, at first, along a course of interest, observation and monitoring of my own creative process, through the use of certain ethnographic strategies and tools (i.e., journaling, recordings, interviews, sketch and annotation revision, etc) intending the analysis of this process and the reflexion/transformation of (my) writing music itself. The trailed path ended up by indicating on the direction of other trails which were then also traced: a) a revision of the statute of research on the field of music composition, in terms of the existence of an incessant circuit of theory with practice; b) the reflection on composition theory seen by the perspective of this circuit, as ‘theory of a composition with the world’— an effort of contemplation and speech done along lines of creation which integrate the vital processes not only of writing music, but also of the meshwork of trajectories, forces and fluxes of the world; c) a straighter discussion about this course of interest, observation and monitoring of the creative process, in order to associating this track to a practice of ‘attentive travel’ done along the lines and forces of a music-making (of a ‘work’, a free improvisation session, of a composition, etc); and d) what finally led to the creation of the (anti-)analyzes of this thesis, which from that attention and monitoring travel done with the analyzed process and ‘work’ are themselves the extension of the pursued fluxes of creation, as a continuation of this ‘mesh/work-process’ which is under investigation. First, in relation to the research in music composition and the theory/practice circuit, what is drafted is a kind of composition metatheory, considered around the Paulo Costa Lima’s notion of composicionality as well as taking into consideration some recent studies in the area of ‘artistic research’ and ‘practice as research’. Then, in relation to the weaving of the idea of a theory made ‘with a composition with the world’, is the British anthropologhist Tim Ingold and the philosophers Gilles Deleuze and Félix Guattari, who help to iluminate the path of this movement of ‘speech and contemplation’ along a composition. The now multi-tracked way led to a revision of the role of analysis in the filed of research in music composition, in the sense of proposing/creating another paradigmatic horizon to ‘compositional analysis’, one that is focused on following the lines in movement of that ‘meshworked-composition’ or that music-making under study. Finally, all that turned out to being actualized along the analytic texts launched on the last chapter, with the (anti-)analyzes of works written during the doctorate course, mainly based on the use of methodological attitudes and tools borrowed from the field of (auto-)ethnography, what by its turn affects the proper composition in circuit with these texts’ production.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26344
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGMUS)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
matriz-tese_priosfilho-abntex2.pdf88.98 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA