DSpace

RI UFBA >
Instituto de Biologia >
Programa de Pós Graduação em Diversidade Animal (PPGDA) >
Dissertações de Mestrado (PPGDA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26087

Title: Orçamento de atividades diárias e complexidade comportamental de macacos-prego Sapajus libidinosus (Spix, 1823) livres e cativos
Authors: Lima, Danilo Sabino da Silva
???metadata.dc.contributor.advisor???: Japyassú, Hilton Ferreira
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: El-Hani, Charbel N.
Keywords: Comportamento animal;Padrão de atividades;Primatas;Bem-estar
Issue Date: 30-May-2018
Abstract: As pesquisas comportamentais são de suma importância, pois é através do comportamento que os animais indicam o quanto suas condições de cativeiro estão inapropriadas, além de servirem como subsídios para programas de manejo e conservação da fauna. Esta dissertação constitui o primeiro trabalho que se propôs a estudar o comportamento de dez grupos de macacos-prego da espécie Sapajus libidinosus vivendo em ambientes livres e cativos. Aqui, trazemos informações a respeito do orçamento diário de atividades sociais, bem como uma comparação entre os comportamentos afiliativos e agonísticos realizadas pelos indivíduos nesses dois ambientes, buscando analisar os principais fatores que possam interferir no mesmo. Trazemos também, informações referentes a complexidade comportamental, com base nas métricas (lei de Zipf-Mandelbrot e teoria dos grafos) propostas por Oliveira (2014), onde investigamos se a complexidade comportamental é capaz de avaliar diferenças sutis no comportamento de indivíduos submetidos nos mais diferentes ambientes, se tornando dessa maneira uma ferramenta de fácil aplicação e não invasiva na mensuração do bem-estar ani-mal. Coletamos dados de 59 macacos-prego, distribuídos em 10 grupo, sendo cinco grupos de vida livre, todos localizados no Parque Nacional Serra da Capivara-PI, e cinco grupos de cativeiro, sendo três grupos do Parque Zoobotânico de Teresina, um grupo do Parque Esta-dual Dois Irmãos em Recife, e um grupo da Fundação Jardim Zoológico de Brasília. Através de dados da literatura e da observação dos grupos pelo método ad libitum, construímos um etograma, que foi utilizado durante as coletas. A coleta foi realizada utilizando-se o método animal focal (Altmann, 1974), através de filmagens, onde cada indivíduo foi filmado até que se completasse 3:15 h de observação. Com relação ao orçamento de atividades, encontramos diferenças entre os dois ambientes, sendo que os comportamentos afiliativos foram realiza-dos com maior frequência em cativeiro, e os agonísticos com maior frequência em vida livre. Já com relação a complexidade comportamental percebemos que a medida que o confina-mento aumenta, a complexidade comportamental diminui e consequentemente o bem-estar desses animais é afetado, sendo essas alterações significativamente perceptíveis, pelas duas métricas utilizadas. Desta maneira, propomos aqui uma maneira não invasiva e facilmente aplicável para se mensurar o bem-estar de animais cativos.
Research behavioral are of the utmost importance, because it is through behavior that the animals indicate the degree to which their conditions of captivity are inappropriate, in addition to providing grants to programs of management and conservation of the fauna. This dissertation is the first work that proposed to study the behavior of the ten groups of capuchin monkeys of the species Sapajus libidinosus living in environments free and captive. Here, we bring information about the daily budget of social activities, as well as a comparison between the behaviors affiliative and agonistic carried out by individuals in these two environments, aiming to analyze the main factors that may interfere in the same. We also bring you information regarding the complexity of behavioral, based on the metrics (law of Zipf-Mandelbrot, and graph theory) proposed by Oliveira (2014), where we investigate whether the complexity of behavioral is able to assess subtle differences in the behavior of individuals subjected to in different environments, becoming in this way a tool of easy application and non-invasive measure of animal welfare. We collected data of 59 capuchin monkeys, distributed in 10 group, five groups of free-living, all located in the National Park Serra da Capivara-PI, and the five groups of the captivity, being the three groups of the zoological botanical Park of Teresina, a group of State Park Two Brothers, in Recife, and a group of the Zoo Foundation of Brasília. Through data from the literature and from the observation of groups by the ad libitum method, we constructed an ethogram, which was used during the trials. The collection was carried out using the focal animal sampling (Altmann, 1974), through to filming, where each individual was recorded until complete 3:15 h of observation. With respect to budget activities, we find differences between the two environments, being that the behaviors affiliative were performed with a higher frequency in captivity, and the agonistic with greater frequency in the wild. With regard to the complexity of behavioral we realize that as the confinement increases, the complexity of behavioral decreases and consequently the well-being of these animals is affected, and these changes significantly noticeable by the two metrics used. In this way, we propose here a non-invasive and easily applicable to measure the well-being of captive animals.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26087
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGDA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Danilo_Versão_Final.pdf12.65 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA