DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Artigos Publicados em Periódicos (IGEO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/2539

Title: O Cráton Do São Francisco Na Bahia: Uma Síntese
Other Titles: Revista Brasileira de Geociências
Authors: Barbosa, Johildo Salomão Figueirêdo
Sabaté, Pierre
Marinho, Moacyr Moura
Keywords: Cráton do São Francisco, Arqueano/Paleoproterozóico, Meso e Neoproterozóico, Bahia.;São Francisco Cráton; Archean/Paleoproterozoic; Meso and Neoproterozoic covers; Jurassic and Cretaceous, Bahia.
Issue Date: 2003
Abstract: No Cráton do São Francisco na Bahia, no final do Paleoproterozoico, colisões de segmentos crustais promoveram sucessivos mecanismos tectonicos que colocaram, lado a lado, unidades de rochas arqueanas (Ex: Bloco do Gavião e antigos nucleos TTGs, seqüências metassedimentares Contendas Mirante, Umburanas e Mundo Novo, Complexos Jequié e Mairi, Nucleo Serrinha, etc.) com unidades de rochas formadas no início do Paleoproterozóico (Ex: Grupo Jacobina, Greenstone Belts do Rio Itapicuru e Capim, etc.). O metamorfismo associado reequilibrou estas rochas de diferentes idades nas fácies granulito, anfibolito e xisto-verde, constituindo cinturões móveis polideformados como os de Itabuna, Salvador-Curaçá e Salvador-Esplanada. No Mesoproterozóico este embasamento metamorfico foi truncado por um rift abortado, orientado N-S, e onde foram depositadas as rochas do Supergrupo Espinhaço, as quais extravasaram para as suas margens como coberturas suaves. Sobre estas rochas e em parte do embasamento arqueano/paleoproterozoico acumularam-se sedimentos glaciais e pelítico-carbonáticos, paraplataformais neoproteerozóicos do Supergrupo São Francisco. No fim do Proterozóico, colisões nas margens do Cráton formaram os cinturões dobrados Sergipano (parte nordeste), Riacho do Pontal-Rio Preto (parte norte), Brasília-Rio Grande (partes oeste e sul) e Araçu aí (parte leste). Durante a separação Brasil-África, no Cretáceo, originou-se a Bacia do Recôncavo, um rift abortado. No Paleozóico, extensa cobertura plataformal ocorreu por quase todo o cráton e seus terrenos adjacentes. Durante o final do Jurássico e inicio do Cretáceo desenvolveu-se o importante sistema de rifts (Reconcavo-Tucano) conectado com a fissão da Pangea.
Description: p. 3-6
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/2539
ISSN: 2177-4382
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (IGEO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
7596.pdf312.14 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA