DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/25378

Title: Associação entre reprovação escolar e aspectos sociais e de saúde em adolescentes de escola pública
Authors: Santos, Raiane Moreira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Gomes, Nadirlene Pereira
Keywords: Baixo rendimento escolar;Adolescente;Bullying;Violência na família;Álcool;Saúde na escola;Enfermagem;Educação em saúde
Issue Date: 27-Feb-2018
Abstract: Introdução: A reprovação escolar em adolescentes vem sendo objeto de preocupação por parte de profissionais da saúde e da educação, visto que pode comprometer o futuro profissional dos adolescentes, acarretando prejuízos de ordem emocional, psicológica, física e social. Objetivo: Verificar associação entre reprovação escolar e variáveis sociodemográficas, sexuais/reprodutivas, vivência de violência intrafamiliar, bullying e uso de álcool e outras drogas. Método: Trata-se de uma pesquisa do tipo corte transversal, realizada com 239 discentes com idade entre 10 e 19 anos. Utilizou-se a entrevista como técnica de coleta de dados, seguindo um formulário padronizado. Os dados foram organizados no programa Excel e processados no Stata versão 12. Para verificar associação entre variáveis, realizou-se a análise bivariada através do Teste Qui-quadrado (2) de Pearson. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da UFBA. Resultados: O estudo permitiu identificar associação positiva e estatisticamente significante entre reprovação escolar e as seguintes variáveis: ter tido relação sexual e consumo de álcool. A pesquisa também aponta uma relação do tipo borderline e bullying direto. Verificou-se ainda que o agravo guarda relação positiva com as seguintes variáveis: raça negra, não proferir religião, trabalhar para contribuir com o sustento da família, gravidez, vivência de violência psicológica, bullying relacional e consumo de maconha. Conclusão: O estudo identificou que ter tido relação sexual e consumir álcool são comportamentos que vulnerabilizam os adolescentes para reprovação escolar, sendo necessárias ações educativas, sobretudo, no sentido de sensibilizar o público infanto-juvenil quanto os malefícios da relação sexual precoce e do consumo de drogas. Além disso, ressalta-se a importância de provocar reflexões acerca da responsabilidade dos adolescentes para a prática sexual segura, considerando o conceito de liberdade com responsabilidade.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/25378
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_ Enf_ Raiane Moreira Santos.pdf476.32 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA