DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Comunicação >
Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas ( POSCOM) >
Cibercultura >
Teses de Doutorado (Pós-Com_Cibercultura) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/25299

Title: Telefones celulares e redes sociais: uso, apropriações e suporte ao capital social
Authors: Baldanza, Renata Francisco
???metadata.dc.contributor.advisor???: Lemos, André
Keywords: Telefonia celular;Capital social;Redes sociais;Mobilidade;Comunicação
Issue Date: 6-Feb-2018
Abstract: Os telefones celulares, tendo surgido há bem pouco tempo - se analisarmos comparativamente aos demais meios de comunicação - ocupam hoje um lugar de destaque na sociedade devido ao seu caráter inovador. Este artefato reúne diversas tecnologias que permitem ao usuário concretizar práticas comunicativas e de interação que vão muito além da simples comunicação por voz: eles captam imagens estáticas, sons e vídeos, auxiliam nas dinâmicas de localização, fazem streaming e muitas outras funções, dependendo do modelo que se adquire. Todavia, até o mais simples dos aparelhos permite hoje que seu usuário pelo menos o utilize como câmera fotográfica, gravação de voz e envio de mensagens SMS. Tal artefato pode auxiliar na geração e/ou manutenção do capital social nas redes /grupos de contato das pessoas à medida que sua multifuncionalidade - aliada à sua capacidade de mobilidade, colabora para a alimentação e alargamento desses contatos de algum modo e, consequentemente, maximizam suas práticas e dinâmicas. Este estudo vislumbrou entender como e em que medida os telefones celulares - dado o seu caráter multifuncional aliado à mobilidade - dão suporte e potencializam o capital social dentro dos grupos sociais bem como os reflexos disso na sociedade contemporânea. Nesta tese, os dados foram coletados por meio de uma pesquisa survey, tendo como instrumento um questionário estruturado. O questionário foi disponibilizado por meio de redes sociais na internet, e-mails e demais canais disponíveis na internet. Ao todo, obtivemos 752 questionários válidos com respostas de todas as regiões do Brasil, com predominância da Região Nordeste. Os dados foram analisados com o suporte do software SPSS, onde análises de frequências simples e cruzadas foram realizadas, além de testes de associação e análise fatorial das variáveis. Como resultados, observamos que os telefones celulares dão suporte tanto à manutenção quanto à geração do capital social, levando-se em conta alguns dos indicadores estudados. Verificamos que indicadores como status e identidade não devem ser considerados, de maneira geral, como fortes indicadores do capital social nos grupos dos pesquisados. Entretanto, outros indicadores como fluxo de informações, influência/poder e credibilidade, são vistos pela população estudada como aspectos fortes. O que se pode concluir, primeiramente, é que os celulares geram e possibilitam a manutenção do capital social nos grupos - mas nem todos os indicadores estudados compõem esta realidade - e, segundo, que tendo em vista a análise fatorial do constructo, outros indicadores fazem parte de um panorama brasileiro no que tange à análise da relação entre capital social e telefones celulares.
The cell phones, which emerged quite recently if analyzed comparatively to other means of communication, today occupy a prominent place in society, given its innovative character.This artifact gathers several technologies that enable the user to achieve communicative practices and interactions that go far beyond simple voice communication: they capture still images, sounds and videos, help in the dynamics of location, make streaming and many other functions depending on the model acquired. However, even the simplest devices today allow their users to at least use it as a photo camera, for voice recording and for SMS messaging. Such artifact may assist in the generation and/or maintenance of social capital in people's networks/contact groups as its multifunctionality together with its capacity of mobility collaborates for feeding and enlargement of these contacts somehow and thus maximizes its practices and dynamics. This study glimpsed to understand how and to what extent cell phones, given its multifunctional character allied to mobility, support and enhance social capital within social groups as well as its consequences in contemporary society. In this thesis, the data were collected through a survey research, having as instrument a structured questionnaire. The questionnaire was made available through social networking sites, emails and other channels available on the internet. In total, we obtained 752 valid questionnaires with responses from all regions of Brazil, predominantly from the Northeast. The data were analyzed with SPSS software support, in which simple frequency and cross analysis were performed, besides association tests and factor analysis of the variables. As a result, we observed that mobile phones support the maintenance as well as the generation of social capital taking into account some of the indicators studied. We verified that indicators such as status and identity should not be considered, in general, as strong indicators of social capital in the groups of those surveyed. However, others such as information flow, influence/power and credibility, are seen by the population as strong aspects. It can be concluded that firstly cell phones generate and enable the maintenance of social capital in the groups, but not all indicators studied are part of this reality and, secondly, considering the factor analysis of the construct, other indicators are part of the Brazilian panorama regarding the analysis of the relationship between social capital and cell phones.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/25299
Appears in Collections:Teses de Doutorado (Pós-Com_Cibercultura)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Renata Baldanza.pdf13.33 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA