DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Imunologia - (PPGIM) >
Teses de Doutorado (PPGIM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24886

Title: Avaliação de aspectos da resposta imune de camundongos infectados com uma cepa selvagem Corynebacterium pseudotuberculosis, ER1409, sob estímulo dos antígenos recombinantes rPLD, rCP40, rPKnG, rCP5582, rCP7041 desta bactéria
Authors: Santos, Heidiane Alves dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Nascimento, Roberto José Meyer
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Vale, Vera Lúcia Costa
Keywords: Corynebacterium pseudotuberculosis;Linfadenite caseosa;Antígenos recombinantes;MAPK
Issue Date: 21-Dec-2017
Abstract: A linfadenite caseosa (LC) é uma enfermidade que afeta principalmente caprinos e ovinos, cujo agente etiológico é Corynebacterium pseudotuberculosis. É caracterizada pela formação de granulomas em linfonodos externos e internos, vísceras e órgãos como os pulmões, rins e fígado. A disseminação da linfadenite caseosa nos rebanhos é expressiva e o prejuízo é significativo com perdas econômicas evidentes. Vacinas comerciais disponíveis não oferecem proteção adequada aos animais. Os processos do hospedeiro que são inibidos por bactérias patogénicas incluem a fusão do fagossoma com lisossomos, apresentação de antígenos, a apoptose e a estimulação de respostas bactericidas, devido à ativação de vias de sinalização envolvendo proteína quinases ativadas por mitógeno (MAPKs). Estudos acerca da patogênese da LC indicam que a indução das respostas imunes humoral e celular são fundamentais para o controle da infecção. A compreensão e caracterização das proteínas bacterianas responsáveis pela indução da resposta imune do hospedeiro se faz necessária para o entendimento da dinâmica da infecção. O presente estudo objetivou investigar o envolvimento das vias MAPK (MAPK p38, ERK 1 e 2, e JNK 1,2,3) na resposta imunológia de camundongos infectados, sob estímulo de antígenos recombinantes desta bactéria, através da avaliação dos níveis de Óxido Nítrico, e dos padrão de expressão de células CD4+ , CD8+ e FOXP3+, durante um período de 30 dias de infecção com cepa virulenta de C. pseudotuberculosis. Os camundongos Swiss (n = 12) foram divididos em dois grupos, um deles foi infectado com 102 unidades formadoras de colônias (UFC) de estirpe virulenta ER1409 e outro controle (sem infecção). Os esplenócitos murinos foram tratados com inibidores específicos (inibidor de MAPK p38, inibidor ERK 1/2 ou inibidor da JNK 1, 2,3) e cultivadas sob estímulo dos antígenos recombinantes de C. pseudotuberculosis (rPLD, rCP40, rPKnG, rCP5582-G04-, rCP7041- G10). A análise demonstra diferenças nos níveis de NO entre os grupos (controle X infecção) nas condições de cultivo empregadas: branco (células), estímulos e inibidores das vias MAPK (p<0,001). Todavia, não houve diferença estatisticamente significativa nos níveis de NO entre os inibidores das vias MAPK p38, ERK 1 / 2 e JNK 1, 2 e 3 em nenhuma das situações analisadas. Com relação à produção de IgG, os níveis mais expressivos de subclasses desta imunoglobulina produzidas com 30 dias de infecção foram IgG2a e IgG2b, sem diferença estatisticamente significativa entre os animais infectados e controles. Pôde-se observar também que para os marcadores CD3/CD4+ houve diferença entre os grupos (controle e infecção) apenas quando o antígeno G04 (rCP5582) foi usado como estímulo (p=0,011). No entanto não houve diferença estatisticamente significante na expressão do marcador FOXP3 entre os grupos (controle e infecção) em nenhum dos estímulos / inibidores utilizados.
Caseous lymphadenitis (CL) is a disease that primarily affects in ovine goats, with etiological agent Corynebacterium pseudotuberculosis. It is characterized by the formation of granulomas in external and internal lymph nodes, and organs such as the lungs, kidneys and liver. The CL in the herds is significant and the loss is significant with evident economic losses. Commercial vaccines available not available for animals. Host processes that are inhibited by pathogenic bacteria include a fusion of phospho-mycosisomes, antigen presentation, apoptosis, and bactericidal stimulation, due to the activation of signaling pathways involving mitogen-activated kinases (MAPKs). Studies on the pathogenesis of CL indicate that the induction of humoral and cellular immune responses are fundamental for the control of the infection. The present study aimed to investigate the involvement of the MAPK pathways (MAPK p38, ERK 1 and 2, and JNK 1,2,3) in the immunological response of infected mice under stimulation of recombinant antigens of this bacterium through the evaluation of Nitric Oxide levels , And the expression pattern of CD4 +, CD8 + and FOXP3 + cells during a 30-day period of infection with virulent C. pseudotuberculosis strain. Swiss mice (n = 12) were divided into two groups, one of which was infected with 102 colonyforming units (CFU) of virulent strain ER1409 and another control (no infection). Murine splenocytes were treated with specific inhibitors (inhibitor of p38 MAPK, ERK 1/2 inhibitor or JNK inhibitor 1,2,3) and cultured under stimulation of the recombinant antigens of C. pseudotuberculosis (rPLD, rCP40, rPKnG, rCP5582-G04 -, rCP7041-G10). The analysis demonstrates differences in NO levels between the groups (control and infection) in the culture conditions employed: white (cells), stimuli and inhibitors of MAPK pathways (p <0.001). However, there was no statistically significant difference in NO levels between the inhibitors of MAPK p38, ERK 1/2 and JNK 1, 2 and 3 in any of the situations analyzed. Regarding IgG production, the main subclasses of this immunoglobulin produced during the 30 days of infection were IgG2a and IgG2b, a statistically significant difference between the infected and control animals. It was also observed that for CD3 / CD4 + markers there was a difference between the groups (control and infection) only when the G04 antigen (rCP5582) was used as a stimulus (p = 0.011). However, there was no statistically significant difference in the expression of the FOXP3 marker between the groups (control and infection) in any of the stimuli / inhibitors used.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24886
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGIM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE DOUTORADO- Heidiane Alves dos Santos.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA