DSpace

RI UFBA >
Escola Politécnica >
Programa de Pós-Graduação em Engenharia Industrial (PEI) >
Dissertações de Mestrado (PEI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24617

Title: Micronização de partículas de levotiroxina sódica e chalconas usando CO2 como antissolvente supercrítico
Authors: Silva, Leila Lyra Pires da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Melo, Silvio Alexandre Beisl Vieira de
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Albuquerque, Elaine Christine de Magalhães Cabral
Keywords: Micronização;SAS;Dióxido de carbono super crítico
Issue Date: 20-Nov-2017
Abstract: O desenvolvimento de novas técnicas de preparação de formulações terapêuticas é de grande interesse da indústria farmacêutica, entre as quais se destaca a micronização com fluido supercrítico, que permite a obtenção de micro e nanopartículas, isentas de solventes residuais, além da possibilidade de alteração da sua morfologia, e o processamento a temperaturas amenas evitando problemas de degradação térmica. Essas vantagens tornam a micronização supercrítica atrativa em comparação às técnicas tradicionais de micronização de partículas. Entre as diversas técnicas de micronização de partículas usando fluidos supercríticos, uma das mais promissoras é a técnica de precipitação usando antissolvente supercrítico (SAS). Na presente dissertação, estudou-se o processo de micronização SAS da levotiroxina sódica, hormônio sintético aplicado no tratamento de pacientes com hipotireoidismo, e de 3 chalconas (transchalcona, chalcona CH8 e NAT 22), empregadas no tratamento da leishmaniose, usando-se dióxido de carbono como antissolvente supercrítico. As quatro drogas apresentam problemas de baixa biodisponibilidade, que pode ser melhorada alterando-se a sua morfologia e a distribuição de tamanho das partículas, resultando no aumento da eficácia terapêutica das suas formulações. As corridas experimentais de micronização supercrítica dessas drogas, em escala de bancada, foram precedidas de estudos de equilíbrio de fases a alta pressão, para delimitar no diagrama de fases dos respectivos sistemas ternários droga+solvente orgânico+CO2 supercrítico a região em que se forma uma única fase, acima do ponto crítico da mistura, e identificar a faixa de temperatura e pressão mais apropriada à operação da micronização SAS. A caracterização do material micronizado foi feita por microscopia eletrônica de varredura (MEV), para identificar a morfologia e a ordem de grandeza dos tamanhos das partículas, e a técnica de difração laser (dynamic light scattering - DLS) foi empregada para determinar a distribuição de tamanhos das partículas. Os resultados para a levotiroxina sódica revelaram a alteração da morfologia do material original e uma distribuição de tamanhos de partículas tanto na faixa micrométrica Da Silva, L. L. P.- PEI/ UFBA,2016 9 quanto na faixa nanométrica. Para as três chalconas, os resultados da micronização indicaram uma limitação da técnica SAS, incapaz de evitar o problema da ressolubilização da droga durante a despressurização do sistema, o que pode ser explicado também pela afinidade química solvente-antissolvente supercrítico-droga.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24617
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PEI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação - Leila Lyra - Final..pdf3.13 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA