DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciência da Informação >
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24087

Title: As políticas de informação digital adotadas nas escolas públicas no Nordeste
Authors: Santos, Eunice de Jesus
???metadata.dc.contributor.advisor???: Villalobos, Ana Paula de Oliveira
Keywords: Tecnologia da Informação;Dispositivo móve;Política de Informação digital;Uso do celular, tablet e notebook;Educação no Nordeste brasileiro;Information Technology;Mobile device;Digital Information Policy;Use of cell phone, tablet and notebook;Education in the Brazilian Northeast
Issue Date: 22-Aug-2017
Abstract: São vastas as experiências na educação com a tecnologia digital em sala de aula em diferentes regiões brasileiras. A pesquisa objetiva analisar as políticas de informação digital adotadas nas escolas públicas de ensino médio das capitais, localizadas na região Nordeste, no tocante a adoção dos dispositivos móveis para acesso a informação.Com objetivos específicos, foram mapeadas as escolas para fazer parte da amostra pesquisada. Em seguida a identificação dos dispositivos móveis utilizados nas escolas estudadas e a investigação das consequências da utilização dos dispositivos móveis para acesso à informação e por fim entender as razões da adoção ou não dos dispositivos móveis pelas escolas para fazer parte da investigação.Trata-se de uma pesquisa descritiva, com uma abordagem que se caracteriza enquanto qualitativa e quantitativa. Os procedimentos adotados se referem ao estudo de casos múltiplos e as técnicas basearam-se em questionários com professores das nove unidades federativas da região Nordeste. Para a execução da pesquisa, os professores do nível médio de nove unidades de ensino do Nordeste, sendo uma escola em cada capital, foram consultados por meio de questionários enviados por correio eletrônico. Nos questionários procurou-se investigar o conceito que o professor tem sobre o uso das tecnologias digitais móveis em sala de aula, quais dispositivos são adotados, se existe dificuldade no uso dessas tecnologias em sala, qual a frequência do uso nas aulas, qual a tecnologia digital mais adotada entre o celular, tablet e notebook e como é a experiência com o uso da tecnologia digital em sala de aula. Os resultados obtidos demonstram que o tablet um dispositivo móvel oferecido pelo Ministério da Educação a muitas escolas públicas da região Nordeste, principalmente para uso dos docentes, é uma das tecnologias móveis menos utilizada pelos professores. O celular e o notebook são ferramentas de trabalho mais utilizadas pelos professores nas aulas, não encontrando nenhuma dificuldade no uso e os resultados obtidos com essas tecnologias móveis em sala de aula, agregam valor na aquisição do conhecimento com relação as aulas sem o auxílio dessas tecnologias. Identificou-se exemplos de políticas de informação digital dentro das escolas em Fortaleza (CE) e em João Pessoa (PB) que podem servir como base na criação de uma política de informação digital em outros estados. Entre novembro de 2016 a abril de 2017 atenderam a pesquisa 08 (Oito) escolas das 09 (Nove) pesquisadas.
ABSTRACT There are vast experiences in digital technology education in the classroom in different Brazilian regions. The objective of this research is to analyze the digital information policies adopted in the public high schools of the capitals located in the Northeast region, regarding the adoption of mobile devices for access to information. For specific objectives, schools were mapped to be part of the sample surveyed. Next, the identification of the mobile devices used in the schools studied and the investigation of the consequences of the use of the mobile devices for access to the information and finally to understand the reasons of the adoption or not of the mobile devices by the schools to be part of the investigation. It is a descriptive research, with an approach that is characterized as qualitative and quantitative. The procedures adopted refer to the study of multiple cases and the techniques were based on questionnaires with teachers from the nine federative units of the Northeast region. For the execution of the research, the teachers of the average level of nine units of education of the Northeast - being a school in each capital - were consulted through questionnaires sent by electronic mail. The questionnaires sought to investigate the concept that the teacher has about the use of mobile digital technologies in the classroom, what devices are adopted, if there is difficulty in the use of these technologies in the classroom, how often the use in class, technology Digital technology most used between the cell phone, tablet and notebook and how is the experience with the use of digital technology in the classroom. The results show that the tablet, a mobile device offered by the Ministry of Education to many public schools in the Northeast region, mainly for the use of teachers, is one of the least used mobile technologies used by teachers. The mobile and the notebook are work tools most used by teachers in class, finding no difficulty in using and the results obtained with these mobile technologies in the classroom, add value in the acquisition of knowledge regarding the classes without the aid of these technologies . We have identified examples of digital information policies within schools in Fortaleza (CE) and João Pessoa (PB) that can serve as a basis for the creation of a digital information policy in other states. Between November of 2016 to April of 2017 attended the survey 08 (Eight) schools of the 09 (Nine) researched.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24087
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
EUNICE DE JESUS SANTOS.pdf2.8 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA