DSpace

RI UFBA >
Instituto de Psicologia >
Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPSI) >
Teses de Doutorado (PPGPSI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24063

Title: A Formação de si (Bildung) do estudante universitário
Authors: Leite, Rita de Cássia Nascimento
???metadata.dc.contributor.advisor???: Sampaio, Sonia Maria Rocha
Keywords: Experiência universitária;Formação de si;Desenvolvimento humano (Formação);Estudante universitário - comportamento;Educação superior
Issue Date: 21-Aug-2017
Abstract: Esta pesquisa teve como foco os jovens estudantes e o processo de formação de si que a experiência universitária lhes possibilita. Historicamente guiada pelo modelo napoleônico, a educação universitária brasileira acabou por dar peso à formação profissional, entendida aqui como o domínio das informações, técnicas, competências e habilidades específicas de cada profissão. O currículo dos cursos é constituído basicamente de conteúdos que obedecem às demandas do mercado que, de tão imperativas, são tomadas como naturais. Contudo, independente dos seus propósitos e à revelia dela e dos próprios estudantes - e essa é a minha tese - a universidade se institui como espaço de desenvolvimento para além da dimensão profissional na medida em que produz oportunidades, vivências e experiências acadêmicas, culturais, afetivas, relacionais, sexuais e amorosas para os estudantes que, por sua vez, produzirão ações e interações entre eles, a comunidade e o contexto acadêmicos que resultarão em transformação, em formação de si (bildung). A partir dessa problemática, tomei a seguinte questão como norteadora dessa pesquisa: como estudantes significam o seu processo de formação de si a partir da sua experiência universitária? Para responder a essa pergunta, o objetivo geral consistiu em investigar a influência da experiência universitária sobre a formação de si dos estudantes. Com vistas a alcançar uma melhor compreensão da investigação aqui proposta, utilizei como abordagem teórica o interacionismo simbólico, sendo seus dados produzidos através da entrevista compreensiva, da descrição etnográfica, da observação participante e de notas de campo. Os participantes da pesquisa foram estudantes dos cursos do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), a saber: psicologia, enfermagem, nutrição e bacharelado interdisciplinar em saúde. Os resultados apontaram que os estudantes enfatizaram a experiência universitária como promotora de mudanças que perceberam em si mesmos ao longo da sua formação, mas avaliaram que elas são fruto da interação entre o que vivenciaram na universidade e em sua vida pessoal. Essas mudanças se deram nas dimensões psicológicas, acadêmicas, político-sociais, relacionais e profissionais.
This research focused on the young students and their self-construction process enabled by the university experience. Historically guided by the Napoleonic model, Brazilian university education emphasized professional education, which is understood here as the domain of information, techniques, competencies and specific skills of each profession. Scholar’s syllabus is formed, basically, of subjects that obey market demands, which are so imperative that are taken as natural. However, regarding their own purposes and going against itself and its students – and this is my thesis – the university act as a space of development beyond the professional dimension, as far as it produces opportunities, and academic, cultural, sentimental, relational, sexual and loving experiences, which, in turn, will produce actions and interactions between the students, the community and the academic context that will result in transformation, in self-construction (bildung). Starting there, I took the following question as a guide for this research: how do students give meaning to their self-cultivation process from their university experience? To achieve a better understanding of the proposed investigation, I used the symbolic interactionism as theoretical approach, with data produced throughout comprehensive interview, ethnographic description, participant observation, and field notes. The participants of this research were students of the Health Sciences Center of the Federal University of Recôncavo da Bahia (UFRB), specifically from psychology, nursing, nutrition and health interdisciplinary bachelor. The results indicated that the students emphasized the university experience as promoter of changings they realized in themselves throughout their formation, but assessed that these changes are fruit of the interaction between what they experienced at the university and in their personal lives. These modifications happened in psychologic, academic, social-political, relational and professional dimensions.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24063
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGPSI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE - Rita de Cassia N Leite.pdf1.68 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA