DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas (PPGORGSISTEM) >
Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23117

Title: Variação de parâmetros hematológicos de cães doadores regulares de sangue
Other Titles: Revista de Ciências Médicas e Biológicas
Authors: Santos, Suzana Cláudia Spínola dos
Meyer, Roberto
Costa, Maria de Fátima Dias
Keywords: Doação de sangue em cães;Hemoterapia em cães;Cães doadores
Issue Date: Dec-2013
Publisher: Instituto de Ciências da Saúde/ Universidade Federal da Bahia
Citation: Rev. Ciênc. Méd. Biol., Salvador, v.12, especial, p.472-477, dez.2013.
Abstract: Introdução: O estudo hematológico de doadores de sangue e a organização dos dados de forma a criar um perfil adequado destes são importantes para assegurar compatibilidades e identificar possíveis discrasias sanguíneas como plaquetopenia, anemia, leucopenia ou qualquer alteração dos elementos figurados do sangue. Objetivo: Doadores, especialmente os de repetição, que apresentaram valores hematológicos fora daqueles referenciados como normais para a espécie, ou que apresentaram grandes variações individuais num curto espaço de tempo sem uma causa pré-determinada, devem receber um acompanhamento mais próximo, a fim de instituir medidas diagnósticas e terapêuticas cabíveis ou mesmo afastamento temporário ou definitivo do programa de doadores de sangue. Metodologia: O presente estudo avaliou parâmetros hematológicos (contagem global de hemácias, volume globular, hemoglobina, contagem global e diferencial de leucócitos, contagem global de plaquetas e proteína total plasmática) de 12 cães de raças diversas, pesando entre 28 e 46 Kg, sem distinção de sexo e cujas idades variaram entre 1 e 8 anos. Estes cães doaram sangue com intervalo de 30 dias entre as coletas, num período de 12 a 24 meses, sendo que todos receberam o mesmo padrão nutricional e manejo. Todos os animais passaram por triagens clínicas e laboratoriais para atestarem ausência de doenças infectocontagiosas (leishmaniose, dirofilariose, brucelose, erliquiose e babesiose), bem como estado vacinal adequado quanto às principais doenças infecciosas dos caninos. O volume total médio coletado por cão foi de 450 mL (±20 mL/evento), por meio de venopunção atraumática de jugular. Não foram utilizadas medicações sedativas e/ou anestésicas. Resultados: Os resultados não mostram diferenças estatísticas nos parâmetros avaliados no período de 12 e 24 meses, estando as médias dentro dos padrões de normalidade para a espécie, exceto em contagem plaquetária. Conclusão: Conclui-se, neste estudo, que a produção dos elementos figurados destes animais apresentou um padrão de constância cursando com recuperação pós-doação, e que os cães estão aptos a doar a cada 30 dias, num período de até 24 meses. Novos estudos devem ser realizados, a fim de avaliar o comportamento hematológico de doadores de repetição, estendendo-se o período de observação.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23117
ISSN: 2236-5222
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
11_v.12_esp..pdf538.29 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA