DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22192

Title: Avaliação do processo de ajuda da enfermeira ao familiar da criança em UTI
Authors: Oliveira, Verônica Mascarenhas
???metadata.dc.contributor.advisor???: Rosa, Darci de Oliveira Santa
Keywords: UTI pediátrica;Família;Criança;Existencialismo
Issue Date: 2-May-2017
Abstract: Introdução: O Processo de Ajuda é um instrumento que permite a enfermeira auxiliar o familiar da criança internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica, possibilitando a motivação destes para o enfrentamento da situação de hospitalização infantil, através do entendimento dos medos e preocupações como desafio do destino. A família é um espaço que proporciona a proteção e o desenvolvimento da criança. Quando esta adoece e é internada na UTI, a família vivencia o sofrimento, a culpa pelo adoecimento, além do medo da possibilidade da finitude da vida infantil, que Viktor Frankl denomina de Tríade Trágica. Constitui-se em objetivo da pesquisa: conhecer como o familiar da criança crítica internada na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica vivencia o processo de ajuda da enfermeira diante do sofrimento, da culpa e do medo da morte. Métodos: Trata-se de um estudo qualitativo, guiado pelo referencial teórico da Analise Existencial de Viktor Emil Frankl, realizado na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica em um hospital público, especializado no atendimento infantil, localizado em uma cidade do interior da Bahia. Participaram deste estudo familiares de crianças internadas na UTI pediátrica. A coleta de dados ocorreu no primeiro momento através da leitura do prontuário. Após, foi realizada a primeira entrevista aberta com a seguinte questão norteadora: como você está vivenciando o processo de hospitalização da sua criança na UTIP? Para identificação da necessidade de ajuda da enfermeira. De posse desta informação, convidou-se os familiares para participar do estudo, explicando como seria desenvolvida a ajuda. Após o aceite, o processo de ajuda ao familiar foi e implementado, de acordo com as suas necessidades específicas. O processo de avaliação da ajuda implementado foi realizado após cinco encontros com o familiar, através de uma segunda entrevista, contendo a seguinte questão norteadora: Como você está vivenciando o processo de hospitalização da criança após a ajuda recebida? Os dados foram analisados seguindo os passos da configuração triádica-humanista-existencial-personalista. Resultados: O Processo de Ajuda foi implementado e avaliado com cinco familiares de crianças internadas na UTI. Após a análise criteriosa dos dados, emergiram dois artigos científicos: “Avaliação do processo de ajuda da enfermeira ao familiar da criança em UTI” e “Pilares Franklianos na relação de ajuda aos familiares da criança na Unidade de Terapia Intensiva”. Conclusão: Os familiares vivenciam a tríade trágica e consequente vazio existencial diante do adoecimento e internamento da criança em UTIP. É possível transcender da tríade trágica para o otimismo trágico a partir do Processo de Ajuda do (a) enfermeiro (a), que proporciona sentimentos de paz, força, fé, coragem, conforto e incentivam a ação responsável, alcançados principalmente através da ajuda espiritual.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22192
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_ Enf_ Verônica Mascarenhas Oliveira.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA