DSpace

RI UFBA >
Escola de Administração >
Mestrado Multidisciplinar e Profissionalizante em Desenvolvimento e Gestão Social (PDGS) >
Dissertações de Mestrado (PDGS) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21715

Title: Desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem e gestão colaborativa: casos de cultura solidária na economia criativa
Authors: Jatobá, Pedro Henrique Gomes
???metadata.dc.contributor.advisor???: Fischer, Tânia Maria Diederichs
Keywords: Ambientes Virtuais de Aprendizagem;Gestão Colaborativa;Ponto de Cultura;Economia Criativa;Banco Comunitário;Moeda Social;Software Livre;Learning Virtual Environments;Collaborative Management.;Cultural Points;Creative Economy;Community Bank.;Digital Local Currency;Free Software
Issue Date: 21-Mar-2017
Abstract: A economia da cultura tem se tornado, nas últimas décadas, um importante vetor produtivo e de inclusão social na economia brasileira. Dentre as políticas públicas que estimulam a organização produtiva na cultura, destacam-se o Programa Cultura Viva e as ações de fomento da Secretaria de Economia Criativa, ambos ligados ao Ministério da Cultura. Mesmo beneficiados com incentivos públicos, os empreendimentos comunitários têm dificuldades em acessar o mercado cultural do seu território, formar público e dominar as tecnologias da informação necessárias a sua sustentabilidade. O desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem e gestão colaborativa, adaptado à realidade desses grupos, pode ser bem sucedido quando os futuros usuários dos empreendimentos comunitários são capacitados para utilizar a nova solução em paralelo ao seu desenvolvimento. A pesquisa participante junto a Produtora Colabor@tiva.PE na Universidade Federal de Pernambuco e a pesquisa-ação realizada Universidade LIVRE de Teatro Vila Velha na Bahia, analisam como essas produtoras culturais colaborativas conseguiram se beneficiar de novos suportes digitais em seus processos de gestão interna e formação continuada. A colaboração desses usuários na comunidade de desenvolvimento da plataforma CORAIS possibilitou aprimorar as ferramentas de groupware existentes e desenvolver novas funcionalidades como a gestão transparente de uma moeda social digital.
The culture economy has become in the last decades one of the most important productive and social inclusion vectors on Brazilian economy. Among the public finance actions made by the government the main actions that support productive organization on the cultural groups are the Points of Culture network and the creative economy secretary, both related do the Minister of Culture of Brazil. Even the institutions that received public investments are showing difficulties in access in the local market create and maintain consumers have access and learn how to use information technology that is necessary to achieve economical sustainability. The development of collaborative management and learning virtual environments customized to these realities are only possible when these groups learn how to use free software tools in their internal activities. The study of the Produtora Colabor@tiva.PE in Recife at the Federal University of Pernambuco and the Universidade LIVRE de Teatro Vila Velha in Salvador, Bahia, part of this research execute an analysis about how this collaborative cultural producers got better results by adopting virtual environments. The participation of these groups in the CORAIS platform development community made possible that the existing groupware tools and develop new solutions as the public management of a local digital currency.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21715
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PDGS)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Pedro Henrique Gomes Jatobá.pdf31.72 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA