DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Profissional (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21679

Title: Implantação do acolhimento com classificação de risco em um hospital maternidade.
Authors: Santos, Nelma do Socorro Chaves dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Oliveira, Alcione Brasileiro
Keywords: Acolhimento;Classificação de risco;Modelo de Assistência;Grau de implantação
Issue Date: 14-Mar-2017
Abstract: O Programa Rede Cegonha propõe o Acolhimento e Classificação de Risco (A&CR) em obstetrícia como uma de suas diretrizes, lançada pelo Governo Federal através da portaria nº 1.459 em 2011, para apoiar as maternidades e serviços de obstetrícia no Brasil. Este estudo avaliou o grau de implantação do A&CR em uma maternidade pública. Trata-se de um estudo avaliativo do tipo avaliação do grau de implantação que utilizou uma abordagem qualitativa visando analisar as facilidades e desafios da implementação do dispositivo. Foi elaborado o modelo lógico do A&CR e para subsidiar aferição do grau de implantação das ações foram identificados dimensões, critérios e parâmetros de julgamento, identificando facilidades, dificuldades e desafios para a implantação dessa diretriz. Os dados foram obtidos através de analise documental, 18 entrevistas semiestruturados e observação de campo. As informantes chaves foram os profissionais que atuam no A&CR (coordenador, enfermeiro, técnico em enfermagem), e usuárias do serviço. A análise dos dados foi feita com base na matriz, apresentando 43 itens para padrão de julgamento. O acolhimento com classificação de risco foi considerado satisfatório com 71% de implantação das ações. O julgamento do grau de implantação do Acolhimento com Classificação de Risco no Hospital Maternidade Dona Regina Siqueira Campos foi considerado satisfatório, expressando também uma diminuição na avaliação para parcialmente satisfatório, nos critérios presença de grupo condutor do A&CR; resolutividade no atendimento; atendimento em tempo oportuno, escuta qualificada, e ainda no critério instrumentos de avaliação do nível de satisfação da usuária no atendimento do serviço, por não ter sido identificado o uso de tal instrumento. Considera-se relevante a experiência do A&CR para viabilizar o acesso em tempo oportuno, e para a própria responsabilização dos profissionais de saúde em relação à usuária e efetivação do vínculo de confiança.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21679
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISS NELMA SANTOS. 2016 (1).pdf687.56 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA