DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20846

Title: Adaptação transcultural e validade de conteúdo do questionário geral de conforto para pessoas com infarto do miocárdio
Authors: Góis, Joselice Almeida
???metadata.dc.contributor.advisor???: Mussi, Fernanda Carneiro
Keywords: Comparação Ttranscultural;Cuidados de Conforto;Infarto do Miocárdio
Issue Date: 18-Oct-2016
Abstract: Introdução: O conforto é considerado uma meta importante do cuidado de enfermagem. Não existem instrumentos específicos para mensurar o nível de conforto de pessoas com infarto agudo do miocárdio internadas em unidade de terapia intensiva, embora esse evento cardiovascular ameace a vida e provoque sofrimento. Consistiu em objetivo geral adaptar transculturalmente o General Comfort Questionnarie (GCQ) para a medida do conforto de pessoas com infarto do miocárdio internadas em UTI e como objetivos específicos: descrever e discutir a validade de conteúdo no processo de adaptação transcultural de instrumentos para medidas de fenômenos subjetivos; realizar a equivalência conceitual, de itens, semântica e operacional do General Comfort Questionnarie (GCQ). Métodos: Trata-se de uma investigação metodológica rigorosa que consta de etapas protocolares do processo de adaptação transcultural que compreendeu: (1) Equivalência conceitual e de itens- etapa em que foi realizada uma ampla revisão de literatura sobre o construto conforto e sua relevância no contexto brasileiro, compreensão dos conceitos que embasam o instrumento original e adequação dos itens para a situação de pessoas com diagnóstico de IAM internadas na UTI; (2) Equivalência semântica que correspondeu as seguintes etapas: tradução, síntese, retrotradução, síntese, avaliação pelo autor do instrumento original, tradução avaliação pelo comitê de juizes e público alvo e pré-teste e equivalência operacional. Resultados: Os desfechos encontrados nesse estudo após a validade de conteúdo nos apontam para uma versão brasileira do General Comfort Questionnarie GCQ- IAM que configura-se como propícia para aplicação em pessoas com infarto do miocárdio, internados na UTI. Para tanto, é necessária a realização da equivalência de mensuração que relaciona-se ao estudo psicométrico do instrumento, cogitada para ser realizada muito em breve, a fim de completar o processo de adaptação transcultural. Conclusão: A adaptação transcultural do GCQ para pessoas com IAM reforça a Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde e oferece aos profissionais de saúde que atuam em UTI uma ferramenta válida para avaliar o conforto de pessoas com infarto do miocárdio, numa perspectiva multidimensional e pode orientar práticas de cuidar dirigidas a promoção do conforto.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20846
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_ Enf_Joselice Almeida Góis.pdf3.78 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA