DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Programa de Pós-Graduação em Geografia (POSGEO) >
Teses de Doutorado (POSGEO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20636

Title: Zelosamente habitando a terra: ecovilas genuínas, espaço geográfico e a construção de lugares zelosos em contextos contemporâneos de fronteiras paradigmáticas.
Authors: Santos Júnior, Severiano José dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Prost, Catherine
Keywords: Sustentabilidade emancipada;Lugar zeloso.;Ecovila genuína;Ethos zeloso;Fronteira paradigática;Holismo fractal
Issue Date: 16-Sep-2016
Abstract: Esta tese tem como objeto de estudo a formação e a atualidade do fenômeno socioespacial conhecido como ecovila, em especial na realidade brasileira. O modelo das ecovilas pode ser considerado como assentamento humano presencial composto por pessoas que se juntam para viver estilo de vida simples a partir de relações orgânicas e de baixo impacto com os ecossistemas e contextos socioculturais nos quais estão inseridas. Influenciados por legados tradicionais, contraculturais e intencionais, são grupos que se propõem a realizar experimentações de novos arranjos espaço-temporais, misturados, em situações de confrontos paradigmáticos. Em primeiro plano, a tese investiga as ecovilas e grupos afins como paradigmas socioespaciais que propõem mudanças na atual dissociação entre sociedade e natureza, um dos motivos da crise civilizatória atual. O modo zeloso de ser e de habitar, com base na sustentabilidade emancipada e no comunitarismo engajado, é pensado filosoficamente como contraponto à crise da modernidade. Em segundo, a tese apresenta revisão histórica e crítica do conceito e do movimento das ecovilas bem como constrói marco teórico para a concepção da ecovila genuína. Em terceiro nível, situa as ecovilas genuínas junto a outros movimentos e agentes no meio técnico-científico-informacional globalizado tendo em vista a necessidade de transformações em diversos níveis (econômicos, culturais, políticos, socioespaciais) do contexto civilizatório capitalista moderno. Percebe que o surgimento de um novo sujeito-pessoa a partir de uma visão holística, fractal e situada, indica novas configurações ontológicas entre sociedades, terra e cosmos as quais formam as condições material e imaterial para o crescimento dos lugares zelosos. Nesse contexto, novos sistemas técnicos e valorativos, como a permacultura, são propostos e praticados. Com base nas informações empíricas encontradas, o quarto nível de análise compreende o processo de desenvolvimento prático de diversos grupos e projetos relacionados ao modelo das ecovilas. A contextualização regional e a relação entre urbano-rural na distribuição de ecovilas e grupos afins no Brasil são aspectos destacados. Outros destaques são: análise da organização interna e habitacional dos grupos bem como desafios e estratégias encontrados na construção factível do ethos-lugar zeloso. Os capítulos da tese seguem esses níveis de análise. Por fim, a concepção da ciência como projeto aberto de construção do conhecimento propõe um caminho sensível, integrativo e plural no ato da pesquisa e, para isto, conecta diferentes abordagens epistemológicas e metodológicas. Entre o complexo-fractal e o dialético, o dialógico e o fenomenológico, os resultados da tese se encontram na relação receptiva do pesquisador com o pesquisado e no vínculo direto entre teoria e a realidade multidimensional encontrada empiricamente. No núcleo do mosaico metodológico proposto, o ethos zeloso se torna o elo ontológico, ético e político das ecovilas genuínas enquanto lugares zelosos na geografia do mundo e no devir da Terra e do cosmos.
ABSTRACT This thesis h s s object of study the form tion nd the st te of socio-sp ti l phenomenon known s ecovill ge, p rticul rly within the Br zili n re lity. The ecovill ge model c n be considered s f ce- to-f ce hum n settlement composed of people who come together in order to le d simple lifestyle b sed on org nic nd low-imp ct rel tionships with ecosystems nd socio-cultur l contexts in which they re integr ted. Influenced by tr dition l, countercultur l nd intention l leg cies, they re groups of people who propose to c rry out tri ls of new nd hybrid sp tio-tempor l rr ngements f cing p r digm tic situ tions. In the foreground, the thesis investig tes the ecovill ges nd its rel ted groups s socio-sp ti l p r digms th t suggest tr nsfigur tions for the current dissoci tion between society nd n ture – which is one of the c uses of the current civiliz tion crisis. The ze lous mode of being nd of living, b sed on em ncip ted sust in bility nd eng ged communit ri nism, is ex mined philosophic lly s counterpoint to the crisis of modernity. Secondly, the thesis presents historic l nd critic l review of ―ecovill ge‖ s theoretic l concept nd s soci l movement. Moreover, it est blishes theoretic l fr mework for the notion of genuine ecovill ge. On the third level, the thesis pl ces the genuine ecovill ge mong with other movements nd gents, in the technic l-scientific-inform tion l glob lized environment t king into ccount the need for ch nge t v rious levels – economic, cultur l, politic l, socio-sp ti l – in the context modern civiliz tion of c pit lism. The thesis lso t kes into ccount th t the emergence of new subject-person out of holistic, fr ct l nd situ ted view, indic tes new ontologic l settings between societies, E rth nd Cosmos which constitute the m teri l nd imm teri l conditions for the growth of ze lous pl ces. In this context, new technic l nd cultur l systems s perm culture, re proposed nd pr cticed. B sed on empiric l findings, the fourth level of the n lysis reviews the pr ctic l development process of v rious groups nd projects rel ted to the model of ecovill ges. The region l context nd the rel tionship between urb n-rur l distribution of ecovill ges nd rel ted groups in Br zil re one of highlighted spect in ddition to: n lysis of the intern l org niz tion nd housing of the groups s well s ch llenges nd str tegies found in the fe sible construction of ze lous ethos-pl ce. The ch pters of the thesis follow these levels of n lysis. Fin lly, the notion of science s n open project of knowledge-construction proposes sensible, plur l nd integr tive p th of rese rch nd, s such, it connects different epistemologic l nd methodologic l ppro ches. Amongst the complex-fr ct l nd the di lectic, the di logic nd the phenomenologic l, the results of the thesis re found in the receptive rel tion between rese rcher nd rese rched nd in the direct connection between theory nd the multidimension l re lity n lyzed empiric lly. At the he rt of the proposed methodologic l mos ic, the ze lous ethos becomes the ontologic l, ethic l nd politic l link of the genuine ecovill ges s c ring pl ces on the horizon of the geogr phy of the world nd in ccord nce with the f te of the E rth nd of the Cosmos.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20636
Appears in Collections:Teses de Doutorado (POSGEO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_ZelosamenteHabitandoaTerra.EcovilaseLugaresZelosos_SANT.pdf4.04 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA