DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas (PPGORGSISTEM) >
Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20488

Title: Manifestações auto-imunes associadas em pacientes com hepatite auto-imune
Other Titles: Revista de Ciências Médicas e Biológicas
Authors: May, Daniel Simões
Franca, Rita
Ferreira, Cibele Dantas
Dias, Adelina Márcia
Silva, Luciana Rodrigues
Keywords: Hepatite auto-imune;Manifestações extra-hepáticas
Issue Date: May-2007
Publisher: Instituto de Ciências da Saúde/ Universidade Federal da Bahia
Citation: MAY, D. S. et al. Manifestações auto-imunes associadas em pacientes com hepatite auto-imune. R. Ci. méd. biol., Salvador, v. 6, n.2, p.183-189, mai./ago. 2007.
Abstract: Pacientes com hepatite auto-imune (HAI) apresentam diversas manifestações de auto-imunidade associadas e, muitas vezes, desenvolvem doenças auto-imunes que necessitam de reconhecimento precoce. Este trabalho tem por objetivo descrever a freqüência de manifestações auto-imunes em portadores de Hepatite auto-imune. Estudo descritivo de série de casos foi realizado na cidade de Salvador, Bahia, no qual foram selecionados por conveniência 69 pacientes, entre adultos e crianças com diagnóstico prévio de hepatite auto-imune, com o objetivo de avaliar a freqüência de manifestações auto-imunes associadas nesses pacientes. Os participantes do estudo foram entrevistados quanto à presença de manifestação auto-imune associada ao quadro de hepatite, e, em seguida, avaliaram-se os prontuários para obtenção dos exames que confirmassem o referido diagnóstico de outra manifestação auto-imune. A freqüência das manifestações auto-imunes associadas foi de 23,2%, e a artrite foi a manifestação auto-imune mais freqüente (8,7%), seguida de diabetes mellitus tipo 1 (4,3%). A retocolite ulcerativa e a colangite esclerosante primária foram igualmente freqüentes, ocorrendo em 2,9% dos pacientes. As outras manifestações auto-imunes associadas obtiveram uma freqüência de 1,4% para cada uma delas. Concluiu-se que a ocorrência de manifestações auto-imunes é freqüente e ocorre de forma variada nos pacientes com HAI. Assim, o reconhecimento precoce dessas condições auto-imunes associadas é fundamental para a realização de medidas terapêuticas específicas, evitando-se as possíveis complicações.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20488
ISSN: 2236-5222
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
6_v.6_2.pdf71.96 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA