DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Programa de Pós-Graduação em Geografia (POSGEO) >
Dissertações de Mestrado (POSGEO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20156

Title: Ricardo Ries, Flâneur e detetive: a apresentação de lisboa em José Saramago
Authors: TEIXEIRA, Paulo Octávio Nunes Dias
???metadata.dc.contributor.advisor???: SILVA, Maria Auxiliadora da
Keywords: Lisboa.;José Saramago;Lugar;Representação;Percurso;Flâneur
Issue Date: 26-Aug-2016
Abstract: RESUMO Num âmbito interdisciplinar, o da Geografia e Literatura, a presente dissertação examina a representação da cidade de Lisboa no romance O Ano da Morte de Ricardo Reis, de José Saramago. Da leitura do romance é possível deduzir uma relação significativa entre o protagonista e os lugares por si frequentados, lugares que surgem carregados de memória e de referências textuais. O que une os lugares é o movimento incessante de Ricardo Reis: Lisboa é representada seguindo os seus passos, prática deambulatória que torna visível a dinâmica específica de uma cidade, ao mesmo tempo que nos conduz na busca da sua identidade adiada. O romance deixa perceber uma geografia pessoal, uma estruturação particular do espaço urbano, assim como uma (re)criação do espaço por meio do movimento e de uma percepção que faz apelo a todos os sentidos no espaço-tempo dado pelos percursos. A abordagem seguida no estudo da representação da cidade no romance baseia-se nas teorias de Benjamin a respeito do flâneur. No autor alemão, o flâneur constitui um motivo narrativo e discursivo no qual se firma a representação e percepção da vida moderna no labirinto das grandes cidades. Ricardo Reis desenvolve uma atividade visual contínua, alimentada pelos deslocamentos quase ininterruptos pelo centro antigo de Lisboa. No decurso desses itinerários, é testemunha de um vínculo entre a organização perceptiva dos lugares, dos modos de mobilidade e da relação que o flâneur estabelece com a figura do detetive. A flânerie do protagonista constitui um instrumento de leitura e de figuração de Lisboa, que questiona e critica os fundamentos das representações instituídas da cidade em plena ditadura do Estado Novo.
ABSTRACT In an interdisciplinary context, the one of Geography and Literature, this dissertation examines the representation of Lisbon in the novel of José Saramago, O Ano da Morte de Ricardo Reis. From the reading of the novel it is possible to deduct a significant relationship between the protagonist and the places frequented by him, places that come loaded with memory and textual references. What unites the places is the incessant movement of Ricardo Reis: Lisbon is represented by following in his footsteps, ambulatory practice that makes visible the specific dynamics of a city, while leads in the search for his postponed identity. The novel reveals a personal geography, a particular structuring of urban space, as well as a (re)creation of space through movement and a perception that appeals to all the senses in space-time given by the paths. The approach taken in the study of the representation of the city in the novel is based in Benjamin’s theories regarding the flâneur. In the German author, the flâneur is a narrative and discursive reason in which is based the representation and perception of modern life in the labyrinth of big cities. Ricardo Reis develops a continuous visual activity, fueled by his almost uninterrupted shifts in the old center of Lisbon. During these routes, he is witness to a link between perceptual organization of places, modes of mobility and the relationship that the flâneur establishes with the figure of the detective. The flânerie of the protagonist is a tool for reading and figuring Lisbon, questioning and criticizing the foundations of the of the city representations in the Estado Novo dictartorship.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20156
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (POSGEO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Paulo_Octavio_Nunes_Dias_Teixeira_Dissertacao.pdf2.17 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA