DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Imunologia - (PPGIM) >
Teses de Doutorado (PPGIM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20029

Title: Modulação da resposta imune alérgica por antígenos de Schistosoma mansoni
Authors: Cardoso, Luciana Santos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Araujo, Maria Ilma Andrade Santos
Keywords: Alergia;Asma;Antígenos de S. mansoni
Issue Date: 12-Aug-2016
Abstract: A prevalência das doenças alérgicas vem aumentando nas últimas três décadas, representando um grande problema de saúde pública. A infecção pelo Schistosoma mansoni tem sido associada com a proteção contra alergias. Os mecanismos envolvidos nesta associação incluem a produção de células e citocinas regulatórias. Objetivo: Avaliar a resposta imune induzida pelos antígenos do S. mansoni Sm22.6, PIII e Sm29 in vitro em células de indivíduos asmáticos e em modelo experimental de asma induzida por OVA. Métodos: Células mononucleares de sangue periférico (CMSP) de indivíduos asmáticos não infectados foram estimuladas in vitro com Sm22.6, PIII e Sm29 para caracterizar o perfil de citocinas induzido por estes antígenos. A frequência de células produtoras de IL-10 e a habilidade destes antígenos em modularem a resposta do tipo Th2 alérgeno-específica foram também avaliadas. As citocinas foram mensuradas em sobrenadantes pela técnica de ELISA e os fenótipos das células produtoras de IL-10 foram determinados usando citometria de fluxo. Para o estudo experimental, foi utilizado o modelo de asma induzido por ovalbumina (OVA). Os camundongos receberam três doses dos diferentes antígenos do S. mansoni. A histopatologia e a atividade da peroxidase eosinofílica do pulmão foram avaliadas, assim como a celularidade no lavado brônquio-alveolar (BAL) e os níveis séricos de IgE e de citocinas no BAL. Adicionalmente, foi avaliada a frequência de células TCD4+ expressando Foxp3+ e IL-10+ em culturas estimuladas com OVA. Resultados: Foi observado uma alta produção de IL-10 por células de indivíduos asmáticos não infectados em resposta aos antígenos Sm22.6, PIII e Sm29 (451 ± 350 pg/mL, 364 ± 289 pg/mL e 712 ± 368 pg/mL, respectivamente), comparados às culturas não estimuladas. Não houve diferença significativa nos níveis de IFN-g, IL-5 e IL-13 após estímulo com os diferentes antígenos. As células CD4+CD25+ e CD14+ foram as principais fontes de IL-10 nas culturas estimuladas com os antígenos do S. mansoni. Além disso, a adição destes antígenos às culturas estimuladas com Der p1 levou a um aumento significativo nos níveis de IL-10 (p<0,0001 para todos os antígenos) e redução nos níveis de IL-5 (p<0,05 para culturas estimuladas com Der p1 e Sm22.6 ou Sm29, comparadas com Der p1 apenas). No modelo murino de asma a imunização com Sm22.6, PIII e Sm29 levou a uma redução no número de células totais e eosinófilos no BAL e nos níveis de IgE específica para OVA, comparados aos camundongos não imunizados. Adicionalmente, os níveis de IL-4 e IL-5 no BAL dos camundongos imunizados com PIII e Sm22.6 foram diminuídos, enquanto que os níveis de IL-10 foram maiores em camundongos imunizados com Sm22.6. A frequência de células TCD4+Foxp3+ foi maior no grupo de camundongos que receberam Sm22.6, Sm29 e PIII, sendo a freqüência de células TCD4+IL-10+ elevada apenas em camundongos imunizados com Sm22.6. Conclusão: Os antígenos do S. mansoni Sm22.6, PIII e Sm29 possuem a habilidade para modular os mediadores inflamatórios alérgicos in vitro por CMSP de indivíduos asmáticos e em modelo murino de asma. Estes antígenos podem representar futuras estratégias para prevenir doenças alérgicas.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20029
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGIM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_ICS_Luciana Santos Cardoso.pdf5.82 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA