DSpace

RI UFBA >
Escola Politécnica >
Programa de Pós-Graduação em Engenharia Quimica (PPEQ) >
Dissertações de Mestrado (PPEQ) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19530

Title: Desenvolvimento de compósitos a base de blenda de PET reciclado/PEAD reforçados com fibra de bananeira
Authors: Gonçalves, Ana Paula Bispo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Luporini, Samuel
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: José, Nadia Mamede
Keywords: Compósitos;Bananeira;Fibras
Issue Date: 20-Jun-2016
Abstract: Devido ao apelo ambiental que tem crescido nos últimos anos, pesquisas envolvendo a utilização de rejeitos industriais bem como a utilização de matérias-primas oriundas de fontes enováveis reafirma essa necessidade. Nesse contexto, materiais compósitos reforçados com fibras vegetais têm se destacado como materiais promissores e com aplicações em diversos ramos, a exemplo da construção civil que é um setor de tendência crescente no país e grande gerador de consumidores. A vantagem em se utilizar as fibras vegetais incorporadas em matrizes oliméricas gerando materiais compósitos com possíveis aplicações nesse setor está relacionada às características tais como: baixo custo, baixa densidade, elevada resistência e caráter renovável. As características das fibras, aliadas a utilização de polímeros provenientes de resíduo sólido urbano vão fornecer materiais de baixo custo, mais ambientalmente corretos, com propriedades mecânicas satisfatórias, e de menor peso, o que é de grande interesse para diversas aplicações. No presente trabalho foi extraído e caracterizado uma espécie de fibra de bananeira ainda não relatada na literatura, Musa velutina, conhecida como bananeira roxa. Foram preparados duas séries de blendas poliméricas: PET reciclado/PEAD em diferentes proporções com e sem mpatibilizante. Utilizando as duas formulações das blendas que apresentaram melhor desempenho mecânico, foram preparados compósitos com 5% de fibra in natura e tratadas com solução de NaOH a 5% (m/v). As propriedades térmicas, estruturais, morfológicas, e mecânicas das fibras, das blendas e dos compósitos foram avaliadas. Observou-se pelas micrografias uma boa adesão na interface fibra/ matriz. Em relação às análises térmicas, foi verificado que os compósitos apresentaram estabilidade térmica às matrizes poliméricas. Avaliando os resultados de DRX dos compósitos, observou-se a formação de materiais com características intermediarias inerentes aos componentes puros. Nos ensaios de impacto foi verificado que os compósitos as amostras apresentaram menor resistência ao impacto quando comparadas as suas matrizes de origem e que não houve perda significativa dessa propriedade. Os compósitos apresentaram propriedades mecânicas, a exemplo do módulo de elasticidade sob tração e flexão superiores às das matrizes poliméricas, demonstrando que as fibras vegetais podem ser utilizadas com êxito como reforço em polímeros constituindo em uma alternativa ambiental conferindo valor agregado aos resíduos agrícolas e urbanos
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19530
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPEQ)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertação versão final2016.pdf4.47 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA