DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18901

Title: Significado da religião/religiosidade para a pessoa idosa
Authors: Oliveira, Ana Luíza Barreto de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Menezes, Tânia Maria de Oliva
Keywords: Idoso;Envelhecimento;Religião;Espiritualidade
Issue Date: 20-Apr-2016
Abstract: O Brasil vem passando por um processo de transição demográfica, que faz com que a população se torne mais envelhecida. Entretanto, ainda são poucas as políticas públicas voltadas para atender a população idosa. Concerne, ainda, a pessoa idosa não ter oportunidade para o desenvolvimento de atividades de cunho social, cultural, político, bem como de questões relacionadas à sua espiritualidade. Muitos são os benefícios que a religião/religiosidade traz para a vida da pessoa idosa, como superação e conforto em momentos difíceis, o despertar de bons sentimentos, como amor e caridade para com o outro e hábitos de vida mais saudável. Entretanto, o tema ainda é pouco investigado pelos profissionais de saúde. O enfermeiro, como profissional de saúde que possui maior disponibilidade de adentrar no mundo do ser ao qual oferece cuidado, ainda não se sente familiarizado em inserir em sua rotina o atendimento a religião/religiosidade ao ser que recebe seu cuidado, sobretudo, a pessoa idosa, que revela ter grande valor e significado na sua vida. Trata-se de um estudo com abordagem metódica fenomenológica proposta por Martin Heidegger, que objetivou compreender o significado da religião/religiosidade para a pessoa idosa. Fizeram parte do estudo 13 idosas cadastradas em um CSU, na cidade de Salvador/Ba, com idade entre 60 e 84 anos, que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão estabelecidos na pesquisa. A coleta dos depoimentos foi realizada através de entrevista fenomenológica, com a pergunta disparadora sobre como é a religião/religiosidade no dia-adia da pessoa idosa, e teve início após aprovação do projeto no Comitê de Ética da Escola de Enfermagem da Universidade Federal da Bahia, sob o protocolo nº433.835/2013. A análise e interpretação dos depoimentos foram realizadas com base nas obras de Martin Heidegger, e deu-se em dois momentos: o momento compreensivo e a hermenêutica. A compreensão vaga e mediana das entrevistas transcritas possibilitou a abertura para as unidades de significação: 1. Entendimento sobre religião para a pessoa idosa; 2. Entendimento sobre religiosidade para a pessoa idosa; 3. Religião/religiosidade expressa na fé, possibilidade de ocupação e oferta de recursos para viver melhor, influenciando os modos de ser; 4. Significados da religião/religiosidade para a pessoa idosa. A partir destas unidades de significação emergiu a unidade de significado “Sentidos da Religião/religiosidade no Vivido da Pessoa Idosa”. Em suas possibilidades de ser, a pessoa idosa revelou que a religião/religiosidade está presente nos modos ser da ocupação e da preocupação, e podem ser desvelados e velados de maneira própria/autêntica, ou, imprópria/inautêntica no cotidiano do seu mundo, na sua temporalidade, apontando o significado que a religião/religiosidade tem nas suas vidas. Nesse sentido, devese respeitar e abordar nas práticas de saúde, sobretudo, o profissional de enfermagem as questões frente à religião/religiosidade no existir da pessoa idosa, devido à importância que o tema apresenta na vida do ser que envelhece.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18901
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_ Enf_ Ana Luíza Barreto de Oliveira.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA