DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18841

Title: Vivência do cuidador idoso no cuidado domiciliar a pessoa idosa
Authors: Almeida, Leidiane de Pinho Bailon
???metadata.dc.contributor.advisor???: Menezes, Tânia Maria de Oliva
Keywords: Cuidador;Idoso;Assistência domiciliar
Issue Date: 12-Apr-2016
Abstract: No Brasil, o envelhecimento trouxe preocupações para diversos setores da sociedade, demandando maiores cuidados para os cuidadores da pessoa idosa e ocasionando mudanças radicais em sua vida, com consequências negativas para quem cuida e é cuidado. Estudo qualitativo, que objetivou apreender a vivência do cuidador idoso no cuidado a pessoa idosa em domicílio. Realizado com doze cuidadores idosos da pessoa idosa, com coleta dos depoimentos feita no domicílio, de dezembro de 2014 a julho de 2015, através de entrevista semiestruturada e gravada. A análise ocorreu através do referencial teórico de Bardin. Os resultados apontaram todos participantes do sexo feminino, idade entre 60 e 77 anos, maioria esposas e cuidadoras principais. Identificaram-se as seguintes categorias e subcategorias: 1. Cotidiano de cuidadoras idosas na implementação do cuidado domiciliar a pessoa idosa; 1.1. Razões para cuidar do outro; 1.2 Cuidar do outro em domicílio: continuidade, complexidade, desgaste, exaustão; 1.3. Dificuldades no cuidar de si para cuidar do outro; 1.4. Sentimentos expressos pelas cuidadoras; 2. Estratégias de suporte de cuidadoras idosas no cuidado domiciliar a pessoa idosa; 2.1. Apoio familiar; 2.2. Fé/religião como suporte; 3. Lazer no cotidiano de idosas cuidadoras da pessoa idosas no domicílio. Conclui-se que o cotidiano das idosas cuidadoras é complexo, preenchido por vários tipos de funções e atividades, que são ininterruptas, desgastantes e pode levar a exaustão. Diversas razões motivaram as colaboradoras a cuidar do outro em domicílio. Na tentativa de assegurar o cuidado do outro, as idosas cuidadoras apresentam dificuldades de cuidar de si, sendo o seu autocuidado deslocado para segundo plano. Além disso, as idosas apresentam em sua vivência diária sentimentos positivos e negativos no exercício do cuidar. Poucos familiares conferem apoio para o cuidado a pessoa idosa em domicílio. As colaboradoras têm na fé/religião a principal estratégia de suporte para enfrentar as adversidades do dia a dia, uma vez que as suas atividades de lazer também estão comprometidas, devido ao cuidado da pessoa idosa. É importante realizar novas investigações com o idoso cuidador de idoso, bem como aprofundar o conhecimento das questões que fazem parte da sua vida e identificar as especificidades e demandas de cuidados, no intuito de melhor assisti-los.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18841
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_ Enf_ Leidiane de Pinho Bailon Almeida.pdf2.26 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA