DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Teses de Doutorado (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/17889

Title: Validação de instrumentos para investigar entre fatores psicossociais do trabalho e transtornos mentais comuns em grupos de trabalhadores.
Authors: Santos, Kionna Oliveira Bernardes
???metadata.dc.contributor.advisor???: Carvalho, Fernando Martins
Keywords: Saúde Mental;Transtornos Mentais;Estudos de validação;Confiabilidade e Validade;Questionários;Trabalho
Issue Date: 25-Jun-2015
Abstract: O Self Reporting Questionnaire – SRQ 20 (Anexo 1) e o Job Content Questionnaire (Anexo 2) – objetos de análise desta tese, são instrumentos amplamente utilizados no campo da saúde do trabalhador. Foram utilizadas informações secundárias de pesquisas com desenho seccional, voltadas ao dimensionamento das condições de saúde e trabalho de categorias profissionais distintas. Dos cinco estudos incluídos, três estudos estavam vinculados ao Núcleo de Epidemiologia da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, um estudo ao Programa de Pós-graduação em Saúde, Ambiente e Trabalho da Universidade Federal da Bahia-UFBA e um estudo Multicêntrico que envolveu cinco instituições de ensino (UEFS, UFBA, UESB, UESC, UFRB). Estes estudos formaram a base empírica para construção da tese e possibilitaram a avaliação de instrumentos de mensuração dos transtornos mentais comuns (TMC) e dos aspectos psicossociais do trabalho em diferentes contextos ocupacionais. Todos os estudos foram avaliados e aprovados por comitês de ética em pesquisa no período em que foram realizados e o presente estudo também foi avaliado e aprovado para execução desta proposta de análise sobre parecer CAAE 18723813.9.0000.5030 do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia. A tese produziu quatro artigos. O Artigo 1 - ESTRUTURA DIMENSIONAL DO SELF REPORTING QUESTIONNAIRE (SRQ 20) EM TRABALHADORES BRASILEIROS aborda a estrutura dimensional do SRQ 20 em quatro categorias profissionais distintas e analisa perfis de ocorrência de TMC entre trabalhadores. O Artigo 2 - CONSISTÊNCIA INTERNA DO SELF-REPORTING QUESTIONNAIRE EM GRUPOS OCUPACIONAIS complementa a revisão do SRQ 20 apresentando a consistência interna das medidas por diferentes métodos, discutindo a subestimação das mensurações. O Artigo 3 - ESTRUTURA FATORIAL E INDICADORES DE VALIDADE DO JOB CONTENT QUESTIONNAIRE EM DIFERENTES CONTEXTOS DE TRABALHO NO BRASIL avalia indicadores de validade das medidas do JCQ, utiliza análise fatorial confirmatória e descreve a consistência interna do instrumento em duas categorias profissionais distintas. Para avaliar os aspectos psicossociais do trabalho, que fundamenta o uso do instrumento, o Artigo 4 - ASPECTOS PSICOSSOCIAIS DO TRABALHO EM DIFERENTES CONTEXTOS DO TRABALHO: APLICAÇÃO DO MODELO DE CLASSES LATENTES utiliza a análise de classes latentes para descrever apresentações das duas esferas de análise que sustentam teoricamente o JCQ: as demandas psicológicas e o controle sobre o próprio trabalho. As contribuições desta tese poderão aprimorar as discussões acerca da validade das mensurações propostas por instrumentos de avaliação ou triagem psiquiátrica em âmbito ocupacional.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/17889
Appears in Collections:Teses de Doutorado (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese Kionna Santos. 2014.pdf3.62 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA