DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Artigos Publicados em Periódicos (Medicina) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/1447

Title: O vegf na doença falciforme: revisão de literatura
Other Titles: Revista de Ciências Médicas e Biológicas
Authors: Machado, Paula Dioné Casais e Silva
Toralles, Maria Betânia Pereira
Silva, Maria Christina Bahiana Olympio da
Aguiar, Márcio Cajazeira
Nascimento, Roberto José Meyer
Campos, Maria Isabela Guimarães
Issue Date: 2010
Abstract: A doença falciforme é um transtorno hematológico de base genética, no qual uma forma normal de hemoglobina promove deformação das hemácias, desencadeando a oclusão dos vasos sanguíneos. As pessoas afetadas pela doença apresentam distúrbios de caráter sistêmico, que resultam em menor expectativa de vida. A incidência e a severidade dos episódios vasooclusivos variam significativamente entre os indivíduos afetados e até mesmo ao longo da vida de um paciente específico. A patogênese da vaso-oclusão evoluiu em conceituação, sendo atualmente considerada um fenômeno de dinâmica predominantemente molecular. O fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) desempenha um importante papel em doenças nas quais a angiogênese é um elemento fisiopatológico fundamental. Conhecendo o papel exato da expressão do VEGF e sua interação com os diversos eventos envolvidos na fisiopatologia da doença falciforme, serão possíveis novas abordagens para essa patologia. Neste artigo, são revisados aspectos ligados ao fenômeno vaso-oclusivo na doença falciforme, bem como sua relação com a molécula do VEGF.
Description: p. 83 - 88
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/1447
ISSN: 2236-5222
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (Medicina)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
3511.pdf145.65 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA