DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Profissional (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/13090

Title: Avaliação da acessibilidade ás ações clinicas em saúde bucal na estratégia saúde da família
Authors: Metello Filho, Alyrio
???metadata.dc.contributor.advisor???: Chaves, Sônia Cristina Lima
Keywords: Saúde da Família;Avaliação de Serviços de Saúde;Acesso aos Serviços de Saúde;Family Health;Health Services Evaluation;Health Services Accessibility
Issue Date: 2013
Publisher: Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação do Instituto de Saúde Coletiva, como requisito parcial para a obtenção do título de mestre em Saúde Coletiva.
Abstract: Este estudo formulou um modelo de avaliação da acessibilidade a ações clínicas individuais em saúde bucal, principalmente relacionados à estratégia de Saúde da Família por meio de uma matriz elaborada adotando-se a concepção de acessibilidade organizacional e geográfica, submetida a um comitê de cinco experts para validação, que atribuía a cada critério uma nota de 0 a 10, onde o 0 (zero) significou exclusão total e 10 (dez), inclusão máxima. Dos dezoito critérios sugeridos, quatorze foram validados dentro da dimensão organizacional, apontando alguns consensos quanto a múltiplas formas de acesso às consultas odontológicas com várias possibilidades (10,0, DP=0); Atendimento diário para urgência (10,0, DP=0); marcação permanente diária de consultas (9,4, DP=0,9); Equipamentos em funcionamento (9,4, DP=1,3) e instrumentos odontológicos disponíveis (9,2, DP=1,1) e Taxa de Utilização em valor igual ou acima de 80% da oferta disponível (9,2, DP=1,1). Na dimensão do processo, a substituição permanente de faltosos, bem como ampliação dos modos de execução dos procedimentos clínicos por hemiarco ou segundo necessidades dos usuários também foram validados. Tais aspectos se apresentaram como os mais relevantes para o aumento da acessibilidade aos procedimentos odontológicos individuais. A dimensão geográfica neste contexto de avaliação foi descartada pelos experts em função da territorialização definida na estratégia saúde da família, em curso no Brasil. A partir das médias e respectivos desvios-padrões foram sugeridas ponderações ao interior da matriz. Deste modo, a matriz com critérios validados na dimensão organizacional teve seu somatório de 27 pontos para a subdimensão estrutura, 69 pontos para a subdimensão processo e 9 pontos para a subdimensão resultado, perfazendo um total de 105 pontos. A construção desta proposta metodológica trouxe evidências que a acessibilidade a serviços odontológicos é uma importante temática a ser desenvolvida em função das poucas produções teóricas existentes, principalmente quando voltados à atenção primária. Sugere-se estudos que explorem os processos de trabalhos das equipes de saúde bucal na estratégia de Saúde da Família no sentido de identificar e descrever as barreiras existentes, inclusive na perspectiva das desigualdades em saúde bucal.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/13090
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Diss MP. Alyrio Metello Filho. 2013.pdf849.76 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA