DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12173

Title: Violência conjugal: compreendendo o fenômeno a partir do discurso feminino
Authors: Paixão, Gilvânia Patrícia do Nascimento
???metadata.dc.contributor.advisor???: Gomes, Nadirlene Pereira
Keywords: Violência contra a mulher;Conflito conjugal;Gênero e saúde;Enfermagem
Issue Date: 12-Jul-2013
Abstract: A violência contra a mulher é um fenômeno complexo, que acomete todas as sociedades devido a sua magnitude sendo, portanto considerada pela Organização Mundial de Saúde como problema de saúde pública. Na sua maioria, as mulheres são acometidas no espaço doméstico e os cônjuges, companheiros ou ex-maridos constituem os principais agressores, caracterizando a violência conjugal. Pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, que teve como objetivo analisar a vivência da violência nas relações conjugais. Os sujeitos foram mulheres em situação de conjugalidade e vivência de violência conjugal, residentes na comunidade do Calafate, Salvador-Ba. Após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (42/2011), realizou-se entrevista com 19 mulheres, no período entre março e maio de 2012. A organização dos dados se deu através do Discurso do Sujeito Coletivo de Lefévre. As mulheres entrevistas se caracterizaram por serem, na sua maioria, jovens, negras, com baixa escolaridade, dependentes economicamente dos pais ou companheiros, convivendo com o companheiro em união estável e com filhos. O discurso mostrou que as mulheres vivenciam violência na relação com o companheiro, expressa nas formas física, psicológica, moral, patrimonial e/ou sexual, trazendo ainda história de violência entre os pais e na infância, caracterizando a violência intergeracional. Tal vivência leva ao comprometimento da saúde da mulher, como hipertensão, cefaleia, taquicardia e ansiedade, como também dos filhos, através de problemas psicológicos, como depressão. O discurso aponta para situações que precipitam ou intensificam a violência conjugal: A Relação de controle e dominação do homem para com a mulher; Uso de álcool e drogas; Infidelidade do companheiro; Ciúmes; Gravidez; e Paternidade e maternidade sem planejamento. Mostra ainda que as mulheres buscaram os serviços de saúde, a delegacia da mulher e a casa abrigo, ressaltando o apoio do Coletivo de Mulheres do Calafate durante todo o processo. Considera-se a importância da equipe de saúde, nos mais diversos espaços de atuação profissional, no sentido de identificar a violência como agravo à saúde e consequentemente causa associada à busca da mulher pelo serviço, a fim de promover ações de prevenção e enfrentamento do fenômeno.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12173
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Enf_Gilvânia Paixão.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA