DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12171

Title: Dinâmica Familiar de Idosos com comprometimento da capacidade funcional
Authors: Reis, Luana Araújo dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Gomes, Nadirlene Pereira
Keywords: Relações familiares;Saúde do Idoso;Capacidade funcional;Violência na família;Enfermagem
Issue Date: 12-Jul-2013
Abstract: O acelerado processo de envelhecimento e os aumentos na expectativa de vida, principalmente entre as pessoas com 60 anos ou mais, tem chamado atenção sobre as condições de saúde durante esses anos adicionais de vida. Nesse contexto, torna-se fundamental a compreensão do contexto familiar do idoso. O estudo tem como objetivo geral: compreender a dinâmica familiar de idosos com comprometimento da capacidade funcional; e como objetivos específicos: identificar as condições socioeconômicas e de saúde dos idosos; descrever o dia-a-dia dos idosos com comprometimento da capacidade funcional; conhecer a opinião dos idosos acerca da relação familiar após o comprometimento da capacidade funcional. Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, com abordagem qualitativa, guiada pelo método de História Oral. Foram colaboradores do estudo, 15 idosos, 11 mulheres e quatro homens, cadastrados em uma Unidade de Saúde da Família no Município de Jequié, Bahia, Brasil. Utilizou-se como técnica para coleta de dados, a entrevista gravada. Os dados foram sistematizados com o apoio da Análise de Conteúdo Temática Categorial, emergindo como temas: Atividades da Vida Diária; Comprometimento da capacidade funcional e dependência dos familiares e, Vivência da violência intrafamiliar. Os idosos tinham idade média de 73,2 anos. A maioria era mulheres, casados, alfabetizados, católicos, aposentados com renda média de um salário mínimo e apresentavam doenças crônicas não transmissíveis. O estudo mostra que os idosos percebem transformações na relação familiar após terem sua capacidade funcional comprometida, deixando claro que após se tornarem dependentes dos cuidados familiares, estes não mais os tratam bem. Logo, os idosos se dão conta de que a dependência ao outro os expõem a situações de violência, expressas neste estudo pela negligência, violência psicológica, apropriação indevida de bens e agressão física. Tais achados revelam a necessidade de sensibilizar a família a fim de prevenir situações de violência, devendo essa conduta profissional ser entendida pelos profissionais da saúde como prática preventiva de casos de violência contra idosos, bem como de promoção à saúde física e mental. Destaca-se a importância da atuação da enfermagem nesse processo de identificação de idosos em situação ou vulneráveis a violência, justamente pela integração do profissional enfermeiro na equipe de referência na Estratégia Saúde da Família, bem como por ocupar os cargos de gestão no cenário da Atenção Primária à Saúde.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12171
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Enf_Luana dos Reis.pdf2 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA