DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Teses de Doutorado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12135

Title: Vivência da sexualidade: representações sociais de pessoas soropositivas para o HTLV
Authors: Rivemales, Maria da Conceição Costa
???metadata.dc.contributor.advisor???: Paiva, Mirian Santos
Keywords: Sexualidade;Identidade de Gênero;Vírus Linfotrópico de Células T Humanas Tipo 1;Vírus 2 Linfotrópico T Humano;Enfermagem
Issue Date: 11-Apr-2013
Abstract: Trata-se de um estudo quantitativo e qualitativo fundamentado na Teoria das Representações Sociais que busca compreender o significado da sexualidade para homens e mulheres acometidos/as pelo HTLV; apreender as representações sociais de homens e mulheres soropositivos/as para o HTLV sobre a vivência da sexualidade; descrever como homens e mulheres soropositivos/as para o HTLV vivenciam sua sexualidade; discutir de que forma o gênero, como categoria de análise, permeia os aspectos relacionados à vivência da sexualidade de homens e mulheres acometido(a)s pelo HTLV. Foi Realizado no ambulatório da Unidade Docente Assistencial em Infectologia do Complexo HUPES, tendo como informantes 74 pessoas de ambos os sexos. A coleta de informações utilizou as técnicas projetivas do Teste de Associação Livre de Palavras (TALP) e Desenho-Estória com Tema (D-E), além da realização de entrevistas em profundidade. As informações advindas do TALP foram processadas estatisticamente pelo software Tri-Deux Mots e submetidas à Análise Fatorial de Correspondência (AFC); as advindas do D-E foram analisadas através da observação sistemática dos desenhos e temas; seleção das ilustrações por semelhanças gráficas; leitura flutuante das unidades temáticas das histórias; recorte e categorização das unidades temáticas; análise e interpretação dos conteúdos agrupados por categoria. As narrativas provenientes das entrevistas foram processadas no software Atlas ti e submetidas à análise de conteúdo temática. Da análise das informações emergiram três categorias: Vivência da soropositividade pelo HTLV; Desvendando a soropositividade e suas implicações para a vivência da soropositividade; Vivência da sexualidade com o HTLV. A infecção pelo HTLV provoca mudanças, na vida das pessoas acometidas por esse vírus, que afetam as relações afetivas, sociais, além da vivência da sexualidade. A condição clínica da infecção interfere de modo distinto na vivência com o HTLV. As pessoas acometidas pelo HTLV destacaram melhores relações afetivas e sociais antes da descoberta de sua condição sorológica. O sexo foi concebido como algo que faz parte da vida do casal e foi expresso como uma necessidade humana que busca a satisfação dos desejos e à procriação. Somente os homens soropositivos para o HTLV conceberam o sexo como uma experiência que dá prazer. A identidade de gênero assumida pelas pessoas acometidas pelo HTLV influenciou trajetórias sexuais distintas. O uso do preservativo não fazia parte da rotina sexual das pessoas soropositivas, mesmo que seja reconhecida à necessidade de atitudes preventivas voltadas ao HTLV e/ou outras DST. Houve mudança na prática, resposta sexual e busca do prazer em decorrência da presença de sintomatologia ou doenças associadas ao HTLV. Foi dado destaque tanto às experiências de enlaces quanto às de ruptura do relacionamento afetivo-sexual após a descoberta do HTLV. Visto a complexidade do HTLV e suas diferentes conotações na vida afetivo-sexual das pessoas soropositivas, se faz necessária a realização de outros estudos que também explorem os aspectos inerentes a sexualidade, de modo que sejam gerados subsídios para a compreensão do seu significado para esses sujeitos. Neste sentido, a enfermagem deve estar inserida, uma vez que representa uma área que contempla no seu objeto cuidar, a valorização da subjetividade humana.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12135
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE Maria Rivemales.pdf3.7 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA