DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12133

Title: Autoavaliação do estado de saúde de mulheres negras e brancas e fatores associados
Authors: Domingues, Patrícia Mallu Lima
???metadata.dc.contributor.advisor???: Nascimento, Enilda Rosendo do
Keywords: Autoavaliação;Saúde das mulheres;Gênero e saúde;Racismo e saúde
Issue Date: 16-Apr-2013
Abstract: Estudos de base populacional demonstram que há diferenças na autoavaliação do estado de saúde entre os diferentes grupos de pessoas e que o contexto socioeconômico, fatores de ordem individual e a utilização de serviços de saúde estão implicados nas avaliações que as pessoas fazem da própria saúde. No caso das mulheres, não há consenso, mas as negras tendem às piores autoavaliações do estado de saúde, comparadas às brancas. Acredita-se que as desigualdades raciais e de gênero refletem esses achados. O objetivo geral do estudo é comparar a autoavaliação do estado de saúde de mulheres brasileiras segundo a raça/cor da pele; e específicos: descrever os fatores sociodemográficos e da utilização dos exames preventivos do câncer de mama e cervicouterino, segundo a raça/cor da pele das mulheres; verificar a associação entre a autoavaliação do estado de saúde e fatores sociodemográficos, segundo a raça/cor da pele das mulheres; verificar a associação entre a autoavaliação do estado de saúde e a utilização dos exames preventivos do câncer de mama e cervicouterino, segundo a raça/cor da pele das mulheres. Estudo transversal, exploratório, de base populacional, que utilizou dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios do ano de 2008. Foram incluídas no estudo mulheres residentes no Brasil com idade igual ou superior a 15 anos. Adotou-se como variável dependente a autoavaliação do estado de saúde e variáveis independentes as características sociodemográficas e da utilização dos exames preventivos do câncer de mama e cervicouterino. Realizou-se distribuição proporcional da caracterização das mulheres mediante o uso de frequências uni/bivariadas e medidas descritivas. Utilizou-se a prevalência como medida de ocorrência e como medida de associação a Razão de Prevalência e seus respectivos intervalos de confiança a 95%, estimados em função da regressão de Poisson, pelo método de variância robusta. As mulheres negras têm menor idade média e estão sobrerrepresentadas entre aquelas com menor renda familiar per capta, menor escolaridade e menor utilização dos exames preventivos do câncer de mama e cervicouterino. Entre as mulheres negras a prevalência da autoavaliação negativa do estado de saúde foi de 54,5% e entre as brancas 45,5%. A associação entre a autoavaliação do estado de saúde e a raça/cor da pele foi positiva e estatisticamente significante (RP=1,19; IC95%: 1,17 - 1,21), e as mulheres negras foram as que mais autoavaliaram o seu estado de saúde como negativo. As associações entre a autoavaliação do estado de saúde e os fatores sociodemográficos e de utilização dos exames preventivos foram estatisticamente significantes e coincidiram para as mulheres negras e brancas, no entanto, as prevalências da autoavaliação do estado de saúde diferiram segundo a cor da pele. As desigualdades socioeconômicas e de utilização dos exames preventivos do câncer de mama e cervicouterino encontradas neste estudo foram traduzidas em desigualdades na autoavaliação do estado de saúde de mulheres negras e brancas e, em certa medida, tem relação com as desigualdades de gênero, raça e classe social.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12133
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
308º DISSERTAÇÃO - PATRÍCIA MALLU LIMA DOMINGUES.pdf4.66 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA