DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11563

Title: Incidência e fatores associados à dengue: um estudo de vigilância populacional em um pronto atendimento de Salvador-BA
Authors: Queiroz, Tassia Lacerda de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Ribeiro, Guilherme
Keywords: Dengue;Vigilância;Incidência;Fatores Socioeconômicos;Sinais e Sintomas;Surveillance;Incidence;Socioeconomic Factors;Signs and Symptoms
Issue Date: 2013
Publisher: Dissertação de Mestrado apresentada sob forma de artigo ao Programa de Pós-Graduação do Instituto de Saúde Coletiva, como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Saúde Comunitária.
Abstract: Introdução: Apesar da dengue ser uma doença de notificação compulsória, a real carga de transmissão da doença é desconhecida em virtude da inespecificidade dos sintomas, da dificuldade para o diagnóstico e notificação dos casos, sobretudo, os com formas mais brandas. Objetivos: Estimar a incidência anual de detecção de casos de dengue e identificar os fatores sociodemográficos e clínicos associados ao diagnóstico da doença em uma comunidade de Salvador-BA. Metodologia: Entre abril de 2009 a março de 2012, um sistema de vigilância de base populacional identificou ativamente, em um pronto atendimento, moradores da comunidade de Pau da Lima (Salvador-BA) com idade ≥ 5 anos que procuraram a unidade com uma doença febril aguda. Foram coletados dados sociodemográficos, clínicos e amostras de sangue de fase aguda e convalescente. Também foi realizada a revisão dos prontuários de todos os pacientes atendidos no pronto atendimento por uma doença febril aguda, que preenchiam os critérios de inclusão da pesquisa. O diagnóstico de dengue foi confirmado por ELISA por meio de soroconversão de IgM ou de IgG ou por reatividade para NS1. A associação entre os fatores sociodemográficos e clínicos e o diagnóstico de dengue foi avaliada pelos testes χ 2 de Person e de Mann-Whitney U. Análises de regressão logística univariadas e multivariadas foram realizadas para verificar a associação entre os fatores e a ocorrência de dengue através de Odds ratio e os intervalos de confiança de 95%. A proporção de casos confirmados de dengue entre os participantes foi utilizada para estimar o número de casos da doença entre todos os indivíduos atendidos que preencheram os critérios de inclusão. Estimou-se a incidência anual de detecção de casos de dengue, geral e por faixa etária, para a comunidade sob vigilância. Resultados: Dos 18.428 pacientes com doença febril aguda atendidos na unidade, 4.037 (21,9%) participaram do estudo. Destes, 447 11,1%) foram casos confirmados de dengue. O sexo masculino, a maior escolaridade e a presença de cefaléia, prostração, mialgia, dor retroorbital, artralgia e exantema foram associados ao diagnóstico de dengue nas análises bivariadas. Nas análises multivariadas, verificou-se que sexo masculino (OR=1,42; IC95%:1,15-1,75), além dos sintomas dor retroorbital (OR=2,27; IC95%:1,83-2,82), artralgia (OR=1,41; IC95%:1,14-1,75) e exantema(OR=2,33; IC95%:1,81-3,01) foram associados, independentemente, ao diagnóstico de dengue. A presença de manifestações hemorrágicas resultou em uma associação negativa com a ocorrência de dengue (OR=0,41; IC95%:0,21-0,81). A incidência média anual de detecção de casos de dengue para a comunidade foi de 956 casos por 100.000 habitantes. A maior taxa de incidência abrangeu a faixa etária de 05 a 14 anos, com média anual de 2.272 casos de dengue por 100.000 habitantes. Conclusões: A carga de transmissão da dengue foi considerada alta para a comunidade e subestimada pela vigilância oficial. Estudos de monitoramento podem ser importantes para alerta precoce de epidemias, compreensão da carga e dinâmica de transmissão, além dos fatores sociodemográficos e clínicos associados à dengue.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11563
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Diss. Tassia Lacerda de Queiroz. 2013.pdf767.73 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA