DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Odontologia >
Programa Integrado de Pós-graduação de Laser em Odontologia >
Teses de Doutorado (Laser) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10513

Title: Influência do laser GaAIAs (λ670nm) e da dexametasona na cronologia do reparo cutâneo
Authors: Marchionni, Antônio Márcio Teixeira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Reis, Silvia Regina de Almeida
Keywords: Laser;Dexametasona;Inflamação;Reparo tecidual;Inflammation;Wound healing;Dexamethasone
Issue Date: 2008
Publisher: Programa de Pós- Graduação em Odontologia da UFBA
Abstract: O reparo tecidual inicia-se com a inflamação e tem continuidade com a presença de células secretoras e contráteis. Intervenções terapêuticas, como a fototerapia e a dexametasona, podem interferir neste processo biológico. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a influencia destes dois agentes sobre o processo inflamatório e cicatricial. Foram realizadas feridas cutâneas padronizadas em 80 ratos, wistar, distribuídos em quatro grupos. O grupo controle isento de terapêutica. O grupo laser com a aplicação da radiação do laser diodo de AsGaAl, 9mW, l670nm, 0,031W/cm2 e 4J/cm2, em dose única após a cirurgia. O grupo dexametasona submetido à administração de 2mg/kg deste medicamento 1 hora antes da cirurgia e o grupo com associação de ambas as terapias submetido aos mesmos parâmetros descritos anteriormente. Após a morte dos animais o tecido foi corado com HE e avaliou-se edema, células polimorfonucleares e mononucleares. Com o sírius vermelho analisouse a matriz de colágeno. Foram utilizadas também a imuno-histoquímica e microscopia eletrônica de transmissão para avaliar os miofibroblastos. As mudanças nos achados das variáveis foram analisadas de forma semiquantitativa. Os resultados demonstraram que o laser e a dexametasona atuaram de forma semelhantes atenuando a inflamação aguda. A síntese de colágeno e a expressão de miofibroblastos foi mais intensa no grupo laser, do que no grupo dexametasona com diferenças estatisticamente significativas em alguns períodos (p 0,005). Na associação das terapias, a expressão do colágeno e de células actino- e desmino positivas foram menos expressivas do que o grupo tratado apenas com o laser. Assim, o laser foi eficiente em reduzir o edema e as células polimorfonucleares e acelerar o reparo tecidual, agindo como um bioestimulador, mesmo na presença da dexametasona.
Description: 86f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10513
Appears in Collections:Teses de Doutorado (Laser)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese - Antonio Marcio.pdf4.34 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA