Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/9224
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlmeida, Gilberto Wildberger de-
dc.contributor.authorCalderón, Alexander Macias-
dc.creatorCalderón, Alexander Macias-
dc.date.accessioned2013-03-23T14:51:37Z-
dc.date.available2013-03-23T14:51:37Z-
dc.date.issued2003-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9224-
dc.descriptionp. 1-157pt_BR
dc.description.abstractEmpresas de diferentes setores, dentro da nova estrutura competitiva, cientes da importância de satisfazer as necessidades dos consumidores, vêm provocando mudanças nos hábitos e costumes da população. Novos alimentos e bebidas têm sido introduzidos, acomp anhados de agressivas campanhas publicitárias. O setor de café, confiante na sua tradição, não acompanhou o ritmo de modernização e de marketing do setor de bebidas em alguns dos países produtores, tendo como conseqüência uma significativa perda de participação no mercado e redução no consumo. Este trabalho tem como objetivo conhecer as estratégias mercadológicas de diferenciação no caso do café da Colômbia e do Brasil, utilizadas ao longo dos últimos dez anos, e sugerir estratégias de marketing que possam ajudá- los a sair da crise na que se encontram os países produtores de café, causada pela super oferta na produção de café verde e pela queda de preços no mercado internacional. Através da técnica de estudo de casos foi identificada a importância do cultivo do café para o desenvolvimento econômico e social destes países, enquanto que se analisaram as campanhas de marketing e as estratégias utilizadas para promover e consolidar a imagem do café no mercado mundial. Os resultados mostraram que a Colômbia construiu há mais de quarenta anos uma das mais bem sucedidas campanhas de promoção do seu café no mundo, com sua personagem Juan Valdez, a Colômbia conseguiu que seu café fosse reconhecido como o de mais alta qualidade. No caso do Brasil foi comprovado que sempre se teve maior preocupação com a produção que com a qualidade, deixando para um lado, a preocupação com a promoção e construção da imagem do seu café. Na atualidade, as estratégias de marketing de ambos países devem ser elaboradas com vistas aos futuros consumidores de café, devem descobrir os valores que norteiam os interesses dos jovens, dos países tradicionalmente consumidores de chá, para construir produtos, embalagens, formas de consumo e de comunicação que façam sentido com seu mundo. Pois esse mundo é diferente daquele onde o café tem ou teve seu lugar de honra: a saída da crise implica em mudar os conceitos a quem quer permanecer.pt_BR
dc.language.isoptpt_BR
dc.titleEstratégias de diferenciação do café: os casos do Brasil e da Colômbiapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.localpubSalvadorpt_BR
Appears in Collections:Dissertação (NPGA)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.