Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/8073
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOliveira, Viviane Sampaio Boaventura de-
dc.contributor.authorOliveira, Murilo Cezar Souza-
dc.creatorOliveira, Murilo Cezar Souza-
dc.date.accessioned2013-01-23T13:17:22Z-
dc.date.available2013-01-23T13:17:22Z-
dc.date.issued2013-01-23-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/8073-
dc.description.abstractA polipose nasal é uma doença inflamatória crônica da mucosa, de etiologia desconhecida, caracterizada pela presença de diferentes tipos celulares, como eosinófilos, neutrófilos e linfócitos T. Poucos trabalhos descrevem a presença de IL-17 nessa lesão, e o papel da resposta Th17 no desenvolvimento da inflamação ainda não está esclarecido. Nossa hipótese é de que as células Th17 estão envolvidas na patogênese da polipose nasal. Para isso, obtivemos amostras de pólipo nasal de seis pacientes, antes e após o tratamento com corticosteróide oral. Após análise dos aspectos clínicos, caracterizamos as amostras quanto à celularidade e fibrose tecidual e verificamos por imuno-histoquímica a expressão de IL-17, IL-6 e TGF-β antes e após a terapia. Os pacientes apresentaram, em comum, quadro de obstrução nasal, espirro, redução/perda do olfato e prurido. Ao avaliar características histológicas, observamos uma tendência a redução da mediana (variação interquartil) do percentual de eosinófilos, de 38% (24,3-49,7) para 16,9% (3,9-36,8), e linfócitos, de 36,8% (32,9-38,2) para 29,4% (23,4-37,4), após o tratamento. Associado a isso, verificamos o aumento de fibroblastos, de 10% (4,6-18,4) para 33% (25,8-38,1), e fibrose tecidual, de 24,2% (10,7-38,75) para 55,4% (41,6-65,4), após a terapia. Observamos, também, que após o tratamento houve uma tendência redução no percentual de IL-17, de 12,8 (9,4-16,1) para 8,3 (5-10,9); TGF-β, de 5,6 (3,9-5,9) para 4,1 (3-5) ; e IL-6, de 6,6 (5,7-7,1) para 4,5 (2,4-6,3). Esses resultados sugerem que a resposta Th17 pode estar envolvida na patogênese da polipose nasal, e a modulação dessa resposta pode ser uma estratégia terapêutica.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectOtorrinolaringologiapt_BR
dc.subjectDoença inflamatóriapt_BR
dc.subjectCorticóidept_BR
dc.titleEfeito do corticóide sistêmico na síntese de citocinas Th17 na polipose nasalpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Medicina (Faculdade de Medicina)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Murilo Cezar Souza Oliveira (2012.1).pdf1,19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.