Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/621
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorTeixeira, Maria da Glória Lima Cruz-
dc.contributor.authorBarreto, Mauricio Lima-
dc.contributor.authorCosta, Maria da Conceição Nascimento-
dc.contributor.authorFerreira, Leila Denise Alves-
dc.contributor.authorVasconcelos, Pedro-
dc.creatorTeixeira, Maria da Glória Lima Cruz-
dc.creatorBarreto, Mauricio Lima-
dc.creatorCosta, Maria da Conceição Nascimento-
dc.creatorFerreira, Leila Denise Alves-
dc.creatorVasconcelos, Pedro-
dc.date.accessioned2010-12-03T22:05:44Z-
dc.date.available2010-12-03T22:05:44Z-
dc.date.issued2003-
dc.identifier.issn1679-4974-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/621-
dc.descriptionp.87 - 97pt_BR
dc.description.abstractA dinâmica de circulação da vírus da dengue em espaços intra-urbanos de grandes metrópoles e os fatores de risco para esta infecção ainda não são bem conhecidos. Embora esteja estabelecido que a pobreza é um dos determinantes da maioria das doenças infecciosas e parasitárias, no caso da dengue esta ainda é uma questão controversa. Este estudo teve como objetivos descrever a distribuição da soroprevalência e soroincidência de dengue em distintos espaços intra-urbanos de uma grande e complexa cidade do Brasil; e verificar a existência de relação entre a intensidade de circulação viral e as condições de vida da população, bem como com os índices de infestação vetorial. Utilizou-se um desenho de estudo prospectivo de análise ecológica, procedendo-se a inquéritos sorológicos de uma amostra de residentes em 30 distintos espaços da cidade de Salvador – “áreas sentinelas” – selecionados de acordo com diferenças extremas de condições de vida. Os resultados revelaram elevadas soroprevalência (67,7%) e soroincidência (70,6%) para os sorotipos circulantes (DEN-1 e DEN-2), com grande variabilidade nos valores entre as 30 áreas estudadas; reduzida efetividade das medidas de combate vetorial; circulação viral em todo o território da cidade, constatando-se que mesmo adequadas condições de vida não foram capazes de impedir a ocorrência de elevados riscos de transmissão.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectdenguept_BR
dc.subjectestudo prospectivopt_BR
dc.subjectefetividadept_BR
dc.subjectcombate vetorialpt_BR
dc.titleDinâmica de circulação do vírus da dengue em uma área metropolitana do Brasilpt_BR
dc.title.alternativeEpidemiologia e Serviços de Saúdept_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.localpubBrasília-DFpt_BR
dc.identifier.numberv.12, n.2pt_BR
Appears in Collections:Artigo Publicado em Periódico Nacional (ISC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003.artigo 3.pdf134,25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.