Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/38645
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.organizerJosé Ângelo Sebastião Araújo dos Anjospt_BR
dc.contributor.authorAnjos, José Ângelo Sebastião Araújo dos-
dc.creatorJesus, Marcelo Henrique de-
dc.creatorAnjos, José Ângelo Sebastião Araújo dos-
dc.creatorSampaio, Flávio José-
dc.date.accessioned2023-12-12T15:46:34Z-
dc.date.available2023-12-12T15:46:34Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.citationJESUS, Marcelo Henrique de; ANJOS, José Ângelo Sebastião Araújo dos; SAMPAIO, Flavio José. Mapeamento geoambiental do meio biofísico da área da cidade e entorno de Taperoá – Ba – Brasil. In: ANJOS, José Ângelo Sebastião Araújo dos. Geologia ambiental e médica do estado da Bahia: avaliação de impactos ambientais (AIA): Licenciamento e Estudos Ambientais. Salvador: EDUFBA, 2021. v. 1, cap. 8, p. 182-198. ISBN 978-65-00-23593-7. https://doi.org/10.60111/978-65-00-23593-7_08pt_BR
dc.identifier.isbn978-65-00-23593-7pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufba.br/handle/ri/38645-
dc.description.abstractThe exploitation of natural resources, population and urban growth, as well as the creation of the National Environmental Policy Law in the early 1980s and its subsequent guidelines, were factors that drove a great advance in prevention techniques over the years and control of impacts and preservation of the environment. These advances are relevant in land use and land planning. In this sense, this work aims to map the biophysical environment of the area of ​​the city of Taperoá and its surroundings, a coastal area in the southern part of the State of Bahia, which has undergone intense degradation, due to the advance of the urban area towards areas of greater environmental susceptibility , such as mangrove areas, flood plains and coastal plains. The study was developed in three stages: i) the acquisition of remote sensing images, for the extraction of information from the terrain through geoprocessing procedures in a GIS (Geographic information systems) environment; ii) the field campaign phase, with collection of data and information from the physical environment, in addition to the identification of potentially polluting sources; iii) thematic maps of geology, geomorphology, vegetation, land use and occupation and protected areas. From the integration of data and information from these maps, 7 geoenvironmental units were delimited in the studied area, from which it was possible to indicate the areas of greatest environmental susceptibility, the potentialities, limitations and restrictions of each unit.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Bahiapt_BR
dc.relation.ispartofGeologia ambiental e médica do estado da Bahia: avaliação de impactos ambientais (AIA): Volume 1 - Licenciamento e Estudos Ambientaispt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectUnidades geoambientaispt_BR
dc.subjectSuscetibilidade ambientalpt_BR
dc.subjectGerenciamento dos recursos naturaispt_BR
dc.subjectControle da poluiçãopt_BR
dc.subject.otherGeoenvironmental unitspt_BR
dc.subject.otherEnvironmental susceptibilitypt_BR
dc.subject.otherManagement of natural resourcespt_BR
dc.subject.otherPollution controlpt_BR
dc.titleMapeamento geoambiental do meio biofísico da área da cidade e entorno de Taperoá – Ba – Brasil.pt_BR
dc.title.alternativeGeoenvironmental mapping of the biophysical environment of the town of Taperoá-Ba and its surroundings.pt_BR
dc.typeCapítulo de Livropt_BR
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::GEOLOGIA AMBIENTALpt_BR
dc.citation.spage182pt_BR
dc.citation.epage198pt_BR
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.60111/978-65-00-23593-7_08pt_BR
dc.description.resumoA exploração dos recursos naturais, o crescimento populacional e urbano, bem como a criação da Lei da Política Nacional do Meio Ambiente no início da década de 80 e suas diretrizes posteriores, foram fatores que impulsionaram ao longo dos anos um grande avanço nas técnicas de prevenção e controle de impactos e a preservação do meio ambiente. Esses avanços são relevantes no ordenamento do uso do solo e no planejamento do território. Nesse sentido, este trabalho objetiva fazer o mapeamento do meio biofísico da área da cidade de Taperoá e entorno, zona costeira do centro sul do Estado da Bahia, que vem sofrendo intensa degradação, pelo avanço da zona urbana em direção às zonas de maior suscetibilidade ambiental, como as zonas de manguezais, planícies de inundações e planícies costeiras. Os trabalhos na área de estudo foram desenvolvidos em três etapas: i) aquisição de imagens de sensoriamento remoto, para extração de informações do terreno por meio de procedimentos do geoprocessamento em ambiente de SIG (Sistemas de informação geográfica); ii) campanhas de campo, com coleta de dados e informações do meio físico, alem da identificação das fontes potencialmente poluidoras; iii) foram confeccionados os mapas temáticos de geologia, geomorfologia, vegetação, uso e ocupação do solo e áreas protegidas. A partir da integração dos dados e informações desses mapas, foram delimitadas 7 unidades geoambientais na área estudada, a partir dos quais foi possível indicar as áreas de maior suscetibilidade ambiental, as potencialidades, limitações e restrições de cada unidade.pt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publication.companyEDUFBApt_BR
dc.publication.pages279pt_BR
Appears in Collections:Livro e Capítulo (PGGEOLOGIA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jesus_Anjos_e_Sampaio_2021_978-65-00-23593-7_08.pdfCapítulo de livro: Mapeamento geoambiental do meio biofísico da área da cidade e entorno de Taperoá – Ba – Brasil.2,91 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons