Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/36077
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGomes, Ronaldo Silva-
dc.date.accessioned2022-09-28T01:36:15Z-
dc.date.available2022-09-28T01:36:15Z-
dc.date.issued2018-11-28-
dc.identifier.citationGOMES, Ronaldo Silva. Eficácia e segurança da terapia de manutenção com metadona: uma revisão sistemática. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Faculdade de Medicina da Bahia, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufba.br/handle/ri/36077-
dc.description.abstractOpioids are the basis of pain management, but may have several adverse effects associated with its use. Methadone is a drug belonging to the class of synthetic opioids. The use of methadone is very common in long-term detoxification therapy or maintenance therapy in patients who are dependent on opioids and / or other drugs and in the treatment of patients with severe chronic pain. Data from the literature show that increased use of methadone is associated with adverse events due to overdose, and deaths from methadone. Although this drug accounted for approximately 1% of all opioid prescriptions, methadone-related deaths accounted for 22.9% of opioid-related deaths in 2014. Objective: The main objective of this work is to perform an analysis of efficacy and safety of maintenance therapy with methadone. Methodology: The method used was to systematically review the literature, searching for the following descriptors: methadone, opioid abuse, methadone maintenance. Results: 9977 were initially found, of which seven were selected and were considered secondary in a methadone assessment, in different contexts. Discussion: Most metadata results after a minimum of 12 months. This is a type of strategy for decision making in relation to the type of treatment strategy adopted. Opioid dependence is associated with a number of risks, such as transmission of deadly diseases (hepatitis), hepatitis, criminal activity, accidental overdose and hospital admissions. Conclusion: Methadone maintenance therapy has been effective in reducing the use of opioids and other drugs in reducing the risk behavior for infectious diseases and its implementation is fundamental and a viable and effective alternative.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Bahiapt_BR
dc.subjectMetadonapt_BR
dc.subjectAbuso de opioidespt_BR
dc.subjectManutenção com metadonapt_BR
dc.subject.otherMethadonept_BR
dc.subject.otherOpioid abusept_BR
dc.subject.otherMethadone maintenancept_BR
dc.titleEficácia e segurança da terapia de manutenção com metadona: uma revisão sistemáticapt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.refereesGuedes, Jorge Carvalho-
dc.contributor.refereesSampaio, Aline Santos-
dc.contributor.refereesScippa, Ângela Marisa de Aquino Miranda-
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINApt_BR
dc.contributor.advisor1Kraychete, Durval Campos-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6008595426904260pt_BR
dc.contributor.referee2Moreira, Esdras Cabus-
dc.contributor.referee3Azi, Liana Maria Tôrres de Araújo-
dc.description.resumoOs opioides constituem a base do tratamento da dor, mas podem ter vários efeitos adversos associados ao seu uso. A metadona é um fármaco pertencente a classe dos opioides sintéticos. O uso da metadona é muito comum na terapia de desintoxicação de duração prolongada ou terapia de manutenção, em pacientes que são dependentes de opioides e/ou outras drogas e no tratamento de pacientes com dor crônica intensa. Dados da literatura evidenciam que o aumento do uso da metadona esteja associado a eventos adversos decorrentes da sobredose, e mortes por esse medicamento. Embora esse fármaco tenha representado aproximadamente 1% de todas as prescrições de opióides, as mortes relacionadas com a metadona representaram 22,9% dos óbitos relacionadas com opioides em 2014. Objetivo: O objetivo principal desse trabalho consiste em fazer uma análise da efícácia e segurança da terapia de manutenção com metadona. Metodologia: O método adotado foi o de revisão sistemática da literatura, por meio da busca pelos seguintes descritores: metadona, abuso de opioides, manutenção com metadona. Resultados: 9977 artigos foram encontrados inicialmente, dos quais 7 foram selecionados e tinham como objetivo comum a avaliação da eficácia de metadona, em diferentes contextos. Discussão: A maioria dos artigos avaliaram os resultados do tratamento com metadona após um período mínimo de 12 meses. O tipo de estratégia de tratamento adotada foi um dos fatores preditivos para a retenção no tratamento e consequente eficácia da Terapia de Manutenção com Metadona (MMT). A dependência de opioides está associado a uma série de riscos, como transmissão de doenças mortais (vírus da imunodeficiência humana [HIV], hepatite), atividade criminosa, sobredose acidental e internações hospitalares. Conclusão: A terapia de manutenção com metadona tem se mostrado eficaz na redução do uso de opioides e heroína. Além disso, houve redução do comportamento de risco para doenças infecto contagiosas, e sua implementação na atenção primária é uma alternativa viável e eficaz.pt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Medicina da Bahiapt_BR
dc.type.otherGraduaçãopt_BR
dc.publisher.courseMEDICINApt_BR
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Medicina (Faculdade de Medicina)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.