Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/33516
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGutmann, Juliana Freire-
dc.contributor.authorMota Junior, Edinaldo Araujo-
dc.creatorMota Junior, Edinaldo Araujo-
dc.date.accessioned2021-05-30T23:06:24Z-
dc.date.available2021-05-30T23:06:24Z-
dc.date.issued2021-05-30-
dc.date.submitted2016-05-31-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/33516-
dc.description.abstractEsta dissertação tem como objetivo investigativo analisar as transformações do popular na Rede Globo, a partir de uma análise cultural dos programas apresentados por Regina Casé: Programa Legal, Brasil Legal, Muvuca, Central da Periferia e o Esquenta!. Deparamo-nos, nos estudos brasileiros sobre a televisão, com uma quantidade de pesquisas que se concentram especificamente em analisar as qualidades dos produtos televisivos, principalmente aqueles que se configuram a partir de uma linguagem marcadamente popular, classificados como produtos de “baixa cultura”. Contrários a esta perspectiva, tomamos o termo popular pela perspectiva dos estudos culturais: um lugar de enfrentamento, marcado pela presença das tecnologias da comunicação, e por um movimento que dá sentido as expressões da cultura popular no ambiente da cultura massiva. A partir dos estudos culturais, o processo analítico desta pesquisa direciona seu olhar para os cinco programas apresentados por Regina Casé na Rede Globo para perceber como se construiu, historicamente, um tipo de programa popular específico, com marcas que indicam processos de continuidades e rupturas na linguagem televisiva e revelam as relações dos programas com os contextos culturais brasileiros. Apropriamo-nos de alguns conceitos-chaves para desenvolver um guia teórico-metodológico: o primeiro deles, gênero televisivo enquanto categoria cultural, operacionalizado analiticamente a partir dos conceitos de contexto comunicativo e performance. Estrutura de sentimento é utilizado aqui para ampliar nosso olhar para a constituição histórica de marcas expressivas e discursivas dos programas, que dizem sobre um certo modo de fazer e exibir específicos dos programas televisivos em relação as classes subalternas. Recorremos a investigação sobre as historicidades do popular na televisão brasileira para entender como os mecanismos de acesso às experiências vividas pelas classes populares vão se transformando, ao ponto de configurar a existência e a naturalização de um programa como o Esquenta! na grade de programação da Rede Globo.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCultura popularpt_BR
dc.subjectTelevisãopt_BR
dc.subjectGênero televisivopt_BR
dc.subjectHistoricidadespt_BR
dc.subjectRegina Casépt_BR
dc.subjectRede Globopt_BR
dc.titleTransformações do popular na Rede Globo: uma análise cultural dos programas de Regina Casépt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.refereesGomes, Itania Maria Mota-
dc.contributor.refereesJanotti Jr, Jeder-
dc.publisher.departamentFaculdade de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneaspt_BR
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.subject.cnpqComunicaçãopt_BR
Appears in Collections:Dissertação (PÓSCOM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_EdinaldoMotaJr.pdf59,99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.