Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/24604
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFischer, Tânia Maria Diederichs-
dc.contributor.authorFantinel, Letícia Dias-
dc.creatorFantinel, Letícia Dias-
dc.date.accessioned2017-11-16T21:07:28Z-
dc.date.available2017-11-16T21:07:28Z-
dc.date.issued2017-11-16-
dc.date.submitted2012-08-29-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24604-
dc.description.abstractA presente tese se propõe a examinar a relação entre os significados atribuídos ao espaço organizacional e as sociabilidades organizacionais que se dão em tal espaço. Para tal tarefa, foi realizada, além de uma fase exploratória de investigação, uma pesquisa etnográfica em um café da cidade de Salvador, Bahia. Foram adotadas como técnicas de coleta de dados o uso de diários de campo, a observação sistemática e participante, além de entrevistas individuais em profundidade. Ao total, foram realizadas treze entrevistas em profundidade, e dezenas de conversas de cunho informal. A permanência em campo da pesquisadora se deu entre julho e dezembro de 2010, período durante o qual participou da rotina organizacional em horários diversos, resultando em 42 diários densos e detalhados. Para a análise dos dados de campo, a técnica utilizada foi a análise de conteúdo. Os cafés, também chamados cafeterias, são entendidos como organizações nas quais a sociabilidade faz parte do negócio principal, caracterizados como espaços privilegiados de interações. O espaço nessa pesquisa, é considerado como categoria significada e ressignificada continuamente, que se traduz em uma produção humana de natureza relacional, incorporando, assim, um significado. As sociabilidades organizacionais, por sua vez, são entendidas como ações recíprocas que se constroem a partir de processos interativos, representativos e simbólicos que se dão dentro e fora do espaço organizacional, permeados pela gestão e pelo cotidiano organizacional. Os resultados obtidos apontam para o desvendamento de significados heterogêneos atribuídos ao espaço da organização, todos construídos a partir de sociabilidades organizacionais. As categorias elaboradas com base nesses repertórios de significados desvendaram as dinâmicas organizacionais presentes no espaço, revelando dimensões cuja interpretação mostra-se promissora para o campo da gestão, abrindo perspectivas para estudos futuros, tanto do ponto de vista empírico como conceitual.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCaféspt_BR
dc.subjectEspaçopt_BR
dc.subjectSociabilidadept_BR
dc.subjectOrganizaçãopt_BR
dc.titleOs significados do espaço e as sociabilidades organizacionais: estudo de um café em Salvadorpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.advisor-coCavedon, Neusa Rolita-
dc.contributor.refereesCarrieri, Alexandre de Pádua-
dc.contributor.refereesDavel, Eduardo-
dc.contributor.refereesSilva, Mônica de Aguiar Mac-Allister da-
dc.publisher.departamentEscola de Administraçãopt_BR
dc.publisher.programNúcleo de Pós-Graduação em Administração - NPGApt_BR
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCiências Sociais Aplicadaspt_BR
Appears in Collections:Tese (NPGA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Letícia Dias Fantinel.pdf2,49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.