Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/23093
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCarvalho, Juliana Souza-
dc.contributor.authorDourado, Priscila Cunha-
dc.contributor.authorLima, Matheus Silva-
dc.contributor.authorSilva, Ricardo Araújo da-
dc.contributor.authorAlmeida, Tatiana Frederico de-
dc.creatorCarvalho, Juliana Souza-
dc.creatorDourado, Priscila Cunha-
dc.creatorLima, Matheus Silva-
dc.creatorSilva, Ricardo Araújo da-
dc.creatorAlmeida, Tatiana Frederico de-
dc.date.accessioned2017-06-19T16:58:06Z-
dc.date.available2017-06-19T16:58:06Z-
dc.date.issued2013-09-
dc.identifier.citationRev. Ciênc. Méd. Biol., Salvador, v.12, n.3, p.324-331, set./dez. 2013.pt_BR
dc.identifier.issn2236-5222-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23093-
dc.description.abstractIntrodução: os estudos epidemiológicos têm como objetivo contribuir para a melhoria da saúde das populações e permitir através dos resultados encontrados e dos conhecimentos adquiridos o direcionamento de políticas de saúde públicas mais adequadas. Objetivo: descrever as condições de saúde bucal dos escolares de 12 anos das instituições públicas da cidade de Ibicuí-BA. Metodologia: os escolares foram examinados na própria escola conforme os critérios do SB Brasil 2010. Análises descritivas foram realizadas. No total participaram deste estudo 247 escolares. Discussão: o índice CPO-D apresentou resultado igual a 1,87. Avaliando a necessidade de tratamento nesse grupo, identificou-se que 50,20% dos escolares não necessitavam de nenhum tratamento em nenhuma unidade dentária. Vinte e nove vírgula vinte e cinco por cento dos indivíduos apresentou algum tipo de fluorose. Ao analisar a presença de traumatismo dentário neste grupo, verificou-se que 8,93% das crianças já haviam sofrido algum tipo de injúria dental. Já as alterações periodontais foram mais encontradas na zona rural do que na zona urbana. Conclusão: a condição de saúde bucal dos escolares de 12 anos da cidade de Ibicuí é considerada insatisfatória, necessitando de tratamento odontológico curativo e preventivo. A Epidemiologia pode contribuir para o planejamento de ações mais efetivas voltadas para este grupo.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherInstituto de Ciências da Saúde/ Universidade Federal da Bahiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.sourcehttp://www.portalseer.ufba.br/index.php/cmbio/article/view/7665/6670pt_BR
dc.subjectCrianças.pt_BR
dc.subjectEpidemiologia.pt_BR
dc.subjectSaúde Bucal.pt_BR
dc.titleCondições da saúde bucal de escolares de 12 anos na cidade de Ibicuí, Bahia, 2011pt_BR
dc.title.alternativeRevista de Ciências Médicas e Biológicaspt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.localpubSalvadorpt_BR
dc.identifier.numberv.12, n.3pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
Appears in Collections:Artigo Publicado em Periódico (PPGPIOS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
10_v.12_3.pdf436,43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.