Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/1937
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSales, Tatiane Santana-
dc.contributor.authorHervai, Elen Fabiane Guimarães-
dc.contributor.authorCésar, André Eduardo Rocha-
dc.contributor.authorRamos, Izabella-
dc.contributor.authorBatinga, Thaís de Brito-
dc.contributor.authorSilva, Priscila Sousa da-
dc.contributor.authorMaia, Paulo César Costa-
dc.contributor.authorFernandes, Lia Muniz Barretto-
dc.creatorSales, Tatiane Santana-
dc.creatorHervai, Elen Fabiane Guimarães-
dc.creatorCésar, André Eduardo Rocha-
dc.creatorRamos, Izabella-
dc.creatorBatinga, Thaís de Brito-
dc.creatorSilva, Priscila Sousa da-
dc.creatorMaia, Paulo César Costa-
dc.creatorFernandes, Lia Muniz Barretto-
dc.date.accessioned2011-07-21T19:31:15Z-
dc.date.available2011-07-21T19:31:15Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.issn1519 9940-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/1937-
dc.descriptionp. 386-393pt_BR
dc.description.abstractAmostras de soro foram coletadas de aves criadas em sistema de produção integrado, sistema independente e de galinhas de fundo de quintal, na região de Feira de Santana – Bahia, para avaliação dos títulos de anticorpos contra o vírus da Doença de Newcastle. Foram obtidas amostras de pintos de um dia, frangos de corte em idade de abate e galinhas de fundo de quintal com idades variando de quatro meses até três anos. Os soros foram analisados por meio de ELISA indireto, utilizandose kit comercial. Os resultados obtidos demonstraram que os pintos de um dia apresentaram alto título de anticorpos maternos, provenientes das matrizes vacinadas, com coeficiente de variação de 33,03%. Os frangos de corte dos integrados e dos produtores independentes apresentaram um coeficiente de variação alto, respectivamente, de 99,07% e 97,07%, o que demonstra a não uniformidade nos títulos de anticorpos obtidos, devido à falta de uma boa cobertura vacinal contra o Vírus da Doença de Newcastle. Foi observada a ocorrência de títulos de anticorpos altos nas galinhas de fundo de quintal, com coeficiente de variação de 146,41%, indicando-se a ausência de cobertura vacinal das aves. Ficou demonstrado assim que os plantéis avícolas comerciais não apresentam boa cobertura vacinal, ficando susceptíveis a infecções com vírus de campo. Além disso, a presença de galinhas de fundo de quintal com títulos de anticorpos elevados sugere que as mesmas podem se tornar uma ameaça para aves de criação industrial.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectELISApt_BR
dc.subjectfrangos de cortept_BR
dc.subjectgalinhas caipiraspt_BR
dc.titleTítulos de anticorpos contra o vírus da doença de Newcastle em três diferentes sistemas de criação avícola na região de Feira de Santana – Bahiapt_BR
dc.title.alternativeRevista Brasileira de Saúde e Produção Animalpt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.localpubSalvadorpt_BR
dc.identifier.numberv. 8, n. 4pt_BR
Appears in Collections:Artigo Publicado em Periódico (EMV)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
847-3327-2-PB.pdf63,7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.