Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/18585
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCunha, Marcelo Sacramento-
dc.contributor.authorTimbó, Maiara Santos-
dc.creatorTimbó, Maiara Santos-
dc.date.accessioned2016-02-01T15:18:58Z-
dc.date.available2016-02-01T15:18:58Z-
dc.date.issued2016-02-01-
dc.date.submitted2015-12-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18585-
dc.description.abstractObjetivo: Avaliar complicações cirúrgicas em pacientes submetidos à microcirurgia reconstrutora pelo Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (SCP- HUPES) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e fatores de risco associados. Métodos: Estudo de série de casos de todos os procedimentos microcirúrgicos realizados pelo SCP-HUPES/UFBA, entre abril de 2003 e dezembro de 2013. Complicações foram classificadas quanto ao tempo (imediatas, recentes e tardias) e qualidade (menores e maiores). Os resultados foram classificados como bons (sem complicações), satisfatórios (complicação menor) e ruins (complicação maior); divididos em três períodos: I – 2003 a 2005 –, II –2006 a 2009 – e III – 2010 a 2013; calculadas as prevalências e analisadas correlações entre resultado e complicações. Este projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do HUPES. Resultados: Foram realizados 115 procedimentos, destes, 98 foram incluídos. Houve sobrevida de 93,9% dos retalhos e perda de 6,1%. Houve 12,2% de complicações imediatas, 17,3% recentes e nenhuma complicação tardia. Entre os retalhos, 70,4% foram classificados como bons, 23,5% satisfatórios e 6,1% ruins. Na área receptora (AR), houve maior prevalência de resultados bons no período III (87,5%); I apresentou maior taxa de resultados ruins (10%). Na área doadora (AD), houve 100% de sucesso no período III. Houve diferença quanto aos resultados da AR(p=0,002) e AD (p=0,045) entre os períodos I e III. Foi encontrada diminuição do risco de ocorrência de complicações entre o período III, em relação ao II na AR (OR=0,163; p=0,007), e na AD (OR=0,833; p=0,045). Quanto à presença de comorbidades e tabagismo, foi encontrado OR=3,313 para desenvolvimento de complicações na AR (p=0,033); na AD, houve OR= 9,048 no grupo com antecedentes médicos (p=0,006). Discussão: A qualidade dos resultados variou de acordo com a AR. A ocorrência de complicações se relacionou à presença de comorbidades. Houve melhora estatisticamente significativa dos resultados nos períodos finais do estudo. Conclusão: Os bons resultados e diminuição de complicações no último período, implicam em melhora do serviço. Comorbidades e tabagismo foram associados à ocorrência de complicações.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMicrocirurgiapt_BR
dc.subjectRetalhopt_BR
dc.subjectCirurgia Plásticapt_BR
dc.titleEstudo retrospectivo das complicações em microcirurgia após 10 anos de implantação no Serviço de Cirurgia Plástica da Universidade Federal da Bahiapt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.publisher.departamentFaculdade de Medicina da Bahiapt_BR
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Medicina (Faculdade de Medicina)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maiara Santos Timbó.pdf1,47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.