Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/13311
metadata.dc.type: Tese
Title: De projeto a processo colonial: índios, colonos e autoridades régias na colonização reformista da antiga capitania de Porto Seguro (1763-1808)
Authors: Cancela, Francisco Eduardo Torres
metadata.dc.creator: Cancela, Francisco Eduardo Torres
Abstract: Esta pesquisa analisa as experiências vividas por índios, colonos e autoridades régias na antiga Capitania de Porto Seguro, entre a segunda metade do século XVIII e princípios do XIX. Ao mergulhar no contexto de reformas do reinado de d. José I, a pesquisa apresenta um projeto metropolitano que pretendia fazer do atual extremo sul da Bahia um celeiro de víveres para alimentar as principais cidades da América portuguesa. Baseado no aproveitamento da população indígena, a realização deste projeto foi delineada através de um intenso embate entre políticas indigenista e políticas indígenas, evidenciando não apenas a importância da questão indígena para a colonização daquela região, como também as diversas estratégias desferidas pelos índios a fim de conquistarem melhores condições de vida naquela sociedade. Ao analisar como tal projeto se transformou em processo colonial, esta tese assume o desafio de arriscar uma dupla contribuição: de um lado, ajudar a recuperar o papel dos povos indígenas na formação da sociedade baiana; do outro, romper com o ensurdecedor silêncio sobre a história da antiga Capitania de Porto Seguro. This research analyze the Indian, colonist and royal authorities experiences in the former Porto Seguro Captaincy, between the second half of the XVIII century and the early XIX. When diving in the context of d. José I reign reform, the research show a metropolitan project which intend to make the current south extreme Bahia a storehouse of food to feed the major cities in Portuguese America. Based on use of indigenous population, realization of this project was designed through intense shock between indigenist and indigenous policies, showing not only the indigenous issues importance for the region colonization, as well as diverse Indian strategies to achieve better living condition in that society. Examining how this project became a colonial process, this thesis takes on the challenge of risk double contributions: on the one hand, help recover the role of indigenous people in the Bahian society formation; on the other hand, break the deafening silence about the ancient Porto Seguro Captaincy history.
Keywords: História da Bahia
Capitania de Porto Seguro
Colonização reformista
Políticas indigenistas
Políticas indígenas
Bahia history
Porto Seguro captaincy
Reformist colonization
Indigenist policies
Indigenous policies
metadata.dc.publisher.country: brasil
metadata.dc.publisher.initials: FFCH
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em História
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/13311
Issue Date: 29-Oct-2013
Appears in Collections:Tese (PPGH)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CANCELA, Francisco. De projeto à processo colonial.pdf3,52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.