Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/11137
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCampos, Vânia Palmeira-
dc.contributor.authorMiranda, Jacquelina Peixoto-
dc.creatorMiranda, Jacquelina Peixoto-
dc.date.accessioned2013-05-20T16:13:37Z-
dc.date.available2013-05-20T16:13:37Z-
dc.date.issued2011-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11137-
dc.description143f.pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho teve como objetivo a caracterização química do aerossol atmosférico da área de influência do Pólo Industrial de Camaçari, Bahia, e avaliação das interações dos principais íons inorgânicos solúveis em água no material particulado fracionado por tamanho e material particulado total em suspensão. A coleta foi feita utilizando um Impactador em cascata tipo Berner, de seis estágios de tamanho de partícula: 0,06 μm, 0,18 μm, 0,55 μm, 1,7 μm (fração fina), 4,9 μm e > 15 μm (fração grossa) em cinco estações de amostragem localizadas tanto a montante quanto a jusante das principais atividades antropogênicas em São Francisco do Conde, Candeias, Madre de Deus, Lamarão do Passé e em Barra do Jacuípe, no litoral norte, como estação de referência. Foi utilizado um porta filtro com membrana Nuclepore a fluxo de cerca de 80 L h-1 para o material particulado total em suspensão. A determinação dos ânions nas amostras foi realizada por cromatografia iônica e espectrofotometria de absorção molecular visível para amônio. Os níveis de concentração atmosférica de cloreto, nitrato, sulfato e amônio encontrados no material particulado total estão na faixa de 1023 a 2164 ng m-3 Cl-, 277 a 477 ng m-3 NO3-, 617 a 918 ng m-3 SO42- e 44,9 a 119 ng m-3 NH4+. No material particulado fracionado por tamanho verifica-se a predominância de cloreto como partículas de diâmetro acima de 1,7 μm, com níveis mais altos em São Francisco do Conde, Madre de Deus e Barra do Jacuípe, destacando-se a influência do spray marinho; nitrato se apresenta em partículas com distribuição de tamanho semelhante para todas as estações e com um máximo entre 1,7 e 5,0 m, provavelmente associado à superfície das partículas incluídas na moda grossa do material particulado atmosférico no Recôncavo Baiano. Sulfato se distribui bimodalmente, predominando como partículas muito finas (0,18 m), mas contribuindo também para a moda grossa do aerossol atmosférico do local, quando predomina sob forma de partículas entre 5 e 15 m. A distribuição de tamanho de partículas de amônio predomina entre 0,06 e 0,55 m indicando transformações gás-partícula além de reações em fase gasosa produzindo seus sais. Em Lamarão do Passé e São Francisco do Conde a concentração de partículas totais em suspensão na atmosfera ultrapassou o limite legislado brasileiro em diferentes períodos amostrais, o que pode indicar a necessidade de maior atenção com relação a este parâmetro de qualidade do ar naquelas localidades.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPESpt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectMaterial particulado atmosféricopt_BR
dc.subjectMP fracionado por tamanhopt_BR
dc.subjectRecôncavo Baianopt_BR
dc.subjectAtmospheric particulated materialpt_BR
dc.subjectMP fracionated by sizept_BR
dc.subjectRecôncavo Baianopt_BR
dc.titleMaterial perticulado inorgânico atmosférico total e fracionado por tamanho em áreas de influência industrial no Recôncavo Baianopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.localpubSalvadorpt_BR
Appears in Collections:Dissertação (PPGQUIM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Jacqueline P Miranda.pdfDocumento principal3,05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.